O Legado de Júpiter
Séries

O Legado de Júpiter é cancelada pela Netflix

Série é baseada na HQ de Mark Millar e Frank Quitely, e foi cancelada após uma temporada

Diego Barbarossa

2 jun, 2021

O Legado de Júpiter acabou de ser cancelada pela Netflix após uma temporada. Agora, a plataforma optou por seguir com outra criação de Mark Millar, a adaptação de Supercrooks: O Assalto.

Segundo o Deadline, a série, caso retorne, não continuará como uma produção contínua, mas irá se transformar em antologia, e Millar junto da Netflix optaram por liberar o elenco, liderados por Josh Duhamel, Leslie Bibb e Ben Daniels. Millar falou que está "confiante de que voltará à produção mais tarde".

Millar já havia divulgado que a Netflix estava produzindo um anime de Supercrooks, com o estúdio Bones, o mesmo por trás de My Hero Academia e Fullmetal Alchemist: Brotherhood. Mas, a produção anunciada não seria uma animação, mas uma série live-action.

Baseada na HQ de Mark Millar e Frank Quitely, a trama de O Legado de Júpiter acompanha os os filhos dos maiores super-heróis da história tentando viver à altura de seus pais - apesar de estarem em um mundo cada vez mais complexo, onde as regras criadas há quase cem anos pelos heróis já não funcionam como antes - leia a crítica da temporada.

Além de Duhamel (Transformers: O Último Cavalheiro) como Utópico, Daniels (The Crown) como Onda-Cerebral e Bibb (Homem de Ferro) Lady Liberdade, a série também conta com Elena Kampouris (Sacred Lies) como Chloe, Andrew Horton (Doctors) como Brandon, Mike Wade (Timeless) como Fitz Small e Matt Lanter (Timeless; 90210) como Skyfox.

Outras obras do Millarworld, como é chamada as histórias produzidas por Mark Millar, também chegarão na Netflix nos próximos anos. O autor já revelou que a plataforma retornou à produzir a série live-action baseada em The Magic Order, além de outras adaptações de suas histórias em quadrinhos que também estão confirmadas.

Deixe um comentário