Todos Santos | Autoras nordestinas lançam HQ inspirada nos mitos locais

218
Todos-Santos-antologia-em-quadrinhos-HQ-kami-girão

Antologia em quadrinhos, Todos Santos traz histórias abordando divindades da crença nacional; projeto já está em financiamento coletivo na plataforma Catarse

Quem nunca dedicou um momento da sua vida para apelar àquela divindade em busca de alguma ajuda, por mais mundana que fosse? Santo Antônio para namorar, Santo Expedito para as causas urgentes… a lista é vasta, e as necessidades humanas também.

Em Todos Santos, antologia em quadrinhos que acaba de iniciar sua campanha no Catarse, uma equipe de artistas do Nordeste unem forças para trazer aos leitores um autêntico produto da nossa cultura, adaptando para os dias atuais a história dos santos católicos.

Dentre as artistas, está nossa querida Kami Girão, autora do livro Fisheye e integrante do CosmoNerd.

As opções de contribuição e recompensa são diversas, tendo botton, pôster, marca página e outros itens personalizados como adicionais. Para quem estiver em Fortaleza durante o Sana (que vai de 10 a 12 de julho), há opção para retirada do seu kit ao longo do evento.

Sinopse: Histórias de santos a gente nunca sabe o que é verdade ou o que é aumentado, é que nem aquele velho ditado “quem conta um conto, aumenta um ponto”. Por isso, a coletânea Todos Santos surgiu para mostrar um pouco mais de cada um desses santos e deixá-los falar por si mesmos. Em seus meros 7 anos de idade, Ana Júlia por exemplo, já é uma menina muito independente e que gosta de fazer as coisas sozinhas e explorar lugares novos e sua atividade preferida é pescar no rio perto de casa e escutar as histórias de pescador do tio mendigo. Mas todo mundo sabe que história de pescador é mentira, né? Até Ana Júlia, na sua idade, sabe que não dá pra andar sobre a água, nem multiplicar pão. Ou será que dá? Ou mesmo Luíza que está procurando seu cachorro Jujuba faz alguns dias e sem sucesso… não sabe se o belo jovem que decide ajudá-la é providência divina ou apenas brincadeira do destino. E mesmo se pensar, tente imaginar, São Longuinho é quem deve ter seus dias mais cheios e corridos, afinal, tudo quanto é coisa perdida cai no colo dele pra achar. Imaginem só se um dia ele viesse reclamar diretamente pra gente cuidar melhor das nossas coisas?

Link para a campanha: https://www.catarse.me/todosantos

Redes sociais do projeto: #TodoSantos (Facebook, Instagram e Twitter)