coringa dc comics warner joaquin phoenix
Filmes

Tarantino diz o que achou de cena de talk show no Coringa de Todd Phillips

Longa trouxe o Oscar de Melhor Ator para Joaquin Phoenix

Márcio Bastos

5 fev, 2021

O velho e bom Quentin Tarantino tem a fama de ser sempre muito honesto em suas entrevistas. Na mais recente, dada em um podcast da revista Empire, o diretor comentou sobre o filme Coringa, de Todd Phillips. Mais especificamente, da forte cena onde Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) está sendo entrevistado no talk show de Murray Franklin (Robert De Niro). Veja o comentário do Tarantas a respeito da cena (cuidado com spoilers):

"Não é apenas suspense, não é apenas fascinante e empolgante, o diretor subverte o público porque o Coringa é um louco. O personagem de Robert De Niro no talk show não é um vilão do filme. Ele parece um idiota, mas não é mais idiota do que David Letterman. Ele é apenas um comediante idiota, cara de talk show. Ele não é um vilão de filme. Ele não merece morrer. No entanto, enquanto o público está assistindo ao Coringa, eles querem que ele mate Robert De Niro; eles querem que ele pegue aquela arma, enfie-a em seu olho e estoure sua cabeça. E se o Coringa não o mata? Você ficaria puto."

E ele segue falando:

"Isso é subversão em um nível massivo. Eles fizeram o público pensar como um lunático e querer [que Arthur mate Murray]. E o público vai mentir sobre isso! Eles vão dizer 'não, eu não [queria que isso acontecesse]!, 'e eles são uns mentirosos. Eles queriam sim.”

Com Joaquin Phoenix à frente de um grande elenco que conta com Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy, Brett Cullen, Glenn Fleshler, Bill Camp, Shea Whigham e Marc Maron, o longa-metragem polêmico provocou debates sobre as doenças mentais e os preconceitos em torno delas. Leia nossa crítica aqui.

Deixe um comentário