Liga da Justiça
Filmes

Liga da Justiça de Snyder é épico, diz roteirista de Jogador Nº 1

Filme será lançado nos EUA em 18 de março pela HBO Max

Diego Barbarossa

11 mar, 2021

Zak Penn, roteirista de Jogador Nº 1 e Os Vingadores, divulgou que já assistiu ao Liga da Justiça Snyder Cut e disse que o filme reformulado de Zack Snyder é épico. Confira o comunicado, que veio através do Twitter, abaixo:

"Tive o prazer de assistir ao #TheSnyderCut em IMax e posso dizer que é um trabalho totalmente diferente, um novo filme, uma obra cinematográfica épica. É tão épico que chega a dar arrepios e deixa um nó na garganta. E tudo o que as pessoas queriam e mais", disse Penn.

Com a direção total de Snyder, Liga da Justiça Snydercut tem roteiro escrito por Chris TerrioWill Beall e pelo próprio Snyder. Charles Roven e Deborah Snyder produziram o longa ao lado de Christopher NolanEmma ThomasWesley CollerJim RoweCurtis Kanemoto, Terrio e Ben Affleck.

Na trama, determinado a garantir que o sacrifício final do Superman (Henry Cavill) não fosse em vão, Bruce Wayne (Ben Affleck) alinha forças com Diana Prince (Gal Gadot) com planos de recrutar uma equipe de metahumanos para proteger o mundo de uma ameaça iminente de proporções catastróficas. A tarefa é mais difícil do que Bruce imaginou, já que cada um dos recrutas deve enfrentar os demônios de seus próprios passados para transcender o que os impediu, permitindo que se unissem e, por fim, formassem uma liga de heróis sem precedentes. Agora unidos, Batman (Affleck), Mulher Maravilha (Gadot), Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller) precisam encarar Steppenwolf, DeSaad e Darkseid.

O novo corte foi anunciado inicialmente como uma série limitada de quatro episódios, mas logo foi oficializado como um filme de cerca de quatro horas de duração. A estreia acontece no dia 18 de março com exclusividade na HBO Max - que ainda não chegou ao Brasil, mas chega em junho deste ano. Snyder confirmou que o filme estará disponível mundialmente na data de estreia também via plataformas on-demand. 

Deixe um comentário