esquadrão suicida
Filmes

James Gunn “responde” David Ayer sobre classificação etária de seu O Esquadrão Suicida

Novo filme estreia dia 5 de agosto nos cinemas e HBO Max

Márcio Bastos

7 jul, 2021

Não deu para David Ayer. O diretor, tentando pegar embalo no Snyder Cut da Liga da Justiça, fez de tudo para que sua versão de Esquadrão Suicida fosse lançada, mas foi completamente ignorado pela Warner. Uma das revoltas de Ayer era de que seu filme parecia sombrio e foi barrado pelos executivos. O que não aconteceu com a nova versão de James Gunn. Gunn inclusive comentou no Twitter sobre as condições que colocou para fazer o filme:

“Quando me encontrei com Warner Bros. e a DC Comics para falar sobre O Esquadrão Suicida, eu disse que precisava ser um filme classificado para maiores e sem restrições. Estou sempre aberto a meus parceiros sobre o que quero fazer. Eles concordaram. Assim que as regras foram definidas, estávamos prontos e correndo. Eu amo esse filme.”

Gunn ainda destacou que a versão de Ayer ajudou a abrir caminho:

"Embora muitos dos principais executivos da Warner fossem pessoas diferentes, não havia dúvida de que os problemas com você ajudaram a abrir um caminho mais fácil para mim, David, por isso estou muito grato por tudo o que fez para ajudar este filme ao longo de seu caminho."

Quanto à versão de David Ayer para Esquadrão Suicida, infelizmente (para o diretor), essa vai continuar no limbo. Ann Sarnoff, atual chefe da WB, recentemente deixou bem claro que não tem intenção de permitir que Ayer volte ao seu filme.

Deixe um comentário