IT
Filmes

Cary Fukunaga, que dirigiria IT: A Coisa, tinha O Iluminado como inspiração

Divergências criativas acabaram afastando o cineasta do projeto

Márcio Bastos

24 set, 2021

Celebrado por muitos fãs (eu, particularmente, não curti), a repaginada de IT: A Coisa, com a direção de Andy Muschietti (The Flash), tinha originalmente outro nome no comando – que chegou inclusive a escrever o roteiro para a adaptação. Recém-saído da celebrada série True Detective, Cary Fukunaga quem dirigiria o longa, que acabou na mão de Muschietti.

Os motivos disso parecem meio óbvios: o diretor tinha em mente outra visão para a adaptação da obra de Stephen King. Em entrevista para o The Hollywood Reporter, Fukunaga descreveu o que pretendia trazer para as telas:

“Eu trabalhei nisso por quatro ou cinco anos com a Warner e depois foi transferido para a New Line, um pouco antes de entrarmos em produção. Acho que a visão da New Line sobre o que eles queriam e minha visão sobre o que eu queria eram muito diferentes”, disse o diretor. "Eu queria fazer um drama com elementos de terror, mais como O Iluminado. Acho que eles queriam fazer algo mais como Annabelle [dos filmes Invocação do Mal]. Essa foi essencialmente a desconexão."

O próximo projeto com o comando de Cary Fukunaga, 007: Sem Tempo para Morrer, vai estrear nos cinemas nacionais dia 30 de setembro. Assista ao trailer.

Deixe um comentário