Chainsaw Man
Animes e Mangás

Chainsaw Man ganha o prêmio de melhor mangá no Harvey Awards

Mangá é publicado no Brasil pela Panini

Diego Barbarossa

11 out, 2021

Chainsaw Man, obra de Tatsuki Fujimoto, recebeu o prêmio de Melhor Mangá na premiação norte-americana Harvey Awards (via ANN).

Junto do mangá de Fujimoto estavam concorrendo Asadora!, de Naoki Urasawa, Boys Run the Riot, de Keito Gaku, Remina, do mestre do terror Junji Ito, e Spy x Family, de Tatsuya Endo.

A categoria de "Melhor Mangá" foi adicionada à premiação do Harvey Awards em 2018. De lá para cá, os premiados na categoria foram My Lesbian Experience with Loneliness, de Kabi Nagata, em 2018; My Hero Academia, de Horikoshi Kohei, em 2019; e Witch Hat Atelier, de Kamome Shirahama, em 2020.

Lançado em 2018, Chainsaw Man chegou ao final de sua primeira parte em dezembro de 2020. A obra foi selecionada para o 13º Premio Manga Taisho no Japão, e ficou em 4º lugar no Kono Manga ga Sugoi! - lista que apresenta os melhores mangás do ano em suas categorias - confira aqui.

A história acompanha Denji, um jovem pobre que faz qualquer coisa por dinheiro. Ele trabalha como caçador de demônios para pagar a dívida de seu falecido pai com a Yakuza, sempre acompanhado por seu cachorro-demônio Pochita. Depois de ser traído, e praticamente morto, Denji se funde com Pochita e renasce como um meio demônio.

A editora Panini publica o mangá no Brasil, e já conta com 4 volumes. Outro mangá bastante conhecido de Fujimoto é Fire Punch - que terminou em 2018, dois anos depois de seu lançamento no Japão.

O estúdio MAPPA (Jujutsu KaisenDorohedoroThe God of High School) está adaptando o mangá para anime, com a direção de Ryu Nakayama, de Black Clover Jujutsu Kaisen.

Deixe um comentário