Ruby Rose
Séries

Ruby Rose fala sobre ambiente tóxico no set de Batwoman

Segundo a atriz, dois dublês morreram durante as filmagens da série

Diego Barbarossa

20 out, 2021

Ruby Rose, ex-estrela da série Batwoman, falou em suas redes sociais sobre o ambiente tóxico durante as filmagens da série na CW, criticando a Warner Bros. Television, a Berlanti Productions e o alto escalão de produtores do programa.

Em 2020, Rose anunciou que estaria deixando a série do universo de Batman, mas não deu detalhes sobre sua decisão além de "Não foi uma decisão fácil, mas aqueles que sabem, sabem...".

Através de seu perfil no Instagram, a atriz deu diversas declarações sobre sua saída do programa da CW, falando que sofreu abuso por parte do produtor Peter Roth e da showrunner Caroline Dries, que a obrigaram retornar ao trabalho uma semana após ela ter feito uma cirurgia de emergência, por conta de uma filmagem.

Ela também conta que Roth tinha comportamentos inadequados, principalmente com as mulheres da produção. Segundo dita Rose, ele pedia que elas passassem suas calças à vapor enquanto ele ainda as vestia, e que ele contratou um detetive particular para persegui-lá depois que ela deixou a série.

Além disso, Rose fala que o set de gravações de Batwoman era inseguro, e que muitas pessoas acabaram feridas e mortas. Sim, ela diz que dois dublês morreram durante as filmagens da série, que um membro da equipe ficou com queimaduras de terceiro grau no corpo, e que uma mulher sofreu ferimentos graves.

Ruby Rose diz que ela não desistiu da série, mas que eles arruinaram todo o trabalho em Batwoman. Um de seus colegas de elenco, Dougray Scott, que interpretou seu pai, também aparece nos comentários da atriz. Ela disse que ele não era profissional, "chegando e saindo na hora em que queria", e que tinha ataques de raiva durante as filmagens.

Em nota divulgada pelo Deadline, a Warner Bros. Television diz que a atriz não voltou para o segundo ano do programa por conta de várias reclamações que recebiam sobre o comportamento dela:

"Apesar da história revisionista que Ruby Rose está compartilhando, acusando os produtores, elenco, equipe e o estúdio, a verdade é que a Warner Bros. Television decidiu não contratar Ruby para a segunda temporada de Batwoman por conta das várias reclamações sobre o comportamento dela no local de trabalho, estas que foram extensivamente revistas e tratadas em particular por respeito a todos os envolvidos", conclui.

Deixe um comentário