The Mandalorian: Episódio 1×02: The Child (Disney+) | Crítica

0
the mandalorian 1x02 disney+ star wars

Com episódio 1×02 melhor que o primeiro, The Mandalorian busca desta vez inspiração em Mad Max

Seguindo com nossas críticas dos episódios da série The Mandalorian do Disney +, vamos comentar com spoilers o segundo episódio intitulado “The Child” (A Criança).

Com o fim do episódio 1×01, vimos o mandaloriano encontrando o bebê da mesma raça do Yoda. Isso nos deixou cheio de teorias e dúvidas. O que mais uma vez só pode ser feito com essa escolha de lançar os episódios aos poucos. Esses dois primeiros, na verdade, saíram em uma semana. Mas os próximos serão um por semana mesmo.

Se no primeiro episódio as referências eram de western, nesse segundo temos uma vibe que lembra bastante Mad Max. Aqui, o nosso herói solitário precisa recuperar as partes roubadas de sua nave e fazer uma quest no melhor estilo videogame para isso. Ponto positivo para a perseguição do mandaloriano à fortaleza ambulante dos Jawas, uma cena com uma mistura perfeita de ação e comédia, com ótimos efeitos especiais.

Algo que eu já havia elogiado antes se reforça aqui. Temos praticamente metade do episódio sem praticamente nenhuma fala e passamos o episódio todo sem ver um rosto humano. Essa narrativa mais silenciosa e alienígena é algo bem interessante e ousado. No lugar de diálogos mais expositivos e tramas complexas, The Mandalorian desenvolve seus personagens através da ação com tramas simples mas igualmente interessantes. As cenas de ação, inclusive, são sensacionais e colocam o mandaloriano como um dos personagens mais badass de Star Wars. Tudo que o Boba Fett deveria ter sido e não foi.

Sobre “a criança”, ficamos ainda mais intrigados com seus fortes poderes já tão novo. O que me faz crer que a raça do Yoda possui uma forte conexão com a Força e deve ser rara na galáxia.

The Mandalorian entrega um segundo episódio até melhor que o primeiro. É uma pena que eles sejam tão curtos. Por isso, a qualidade da produção me faz acreditar que isso só não virou um filme por causa da narrativa menos usual dos filmes principais da franquia. Felizmente, temos agora novas mídias para explorar histórias mais experimentais em universos conhecidos.