Annecy 2020 - Henry Selick
Outros

Henry Selick e Bruno Coulais, de Coraline, fazem uma aula especial durante o Festival Annecy 2020

Diego Barbarossa

19 jun, 2020

O Festival de Annecy 2020 trouxe um masterclass (aula com um especialista) com Henry Selick e Bruno Coulais. Selick é um dos mestres da animação em stop-motion e possui seu nome em grande trabalhos, como O Estranho Mundo de Jack (1993), James e Pêssego Gigante (1996) e Coraline e o Mundo Secreto (2009). O compositor Coulais possui diversos, dentre estes as animações de Coraline (já citada) e A Canção do Oceano (2014).

Os dois estão trabalhando juntos em uma nova animação que será lançada pela Netflix - Wendell and Wild - que ainda não possui data de lançamento. A aula foi focada na produção e contou com a introdução de Jordan Peele e Keegan Michael Key. Peele que é um dos dubladores, junto de Key, também produziu e contribui no roteiro do longa animado.

Peele tem se destacado cada vez mais no gênero do suspense/terror, como vimos nos elogiados Corra! (2017) e Nós (2019); e Key trabalhou em Toy Story 4 (2019) O Rei Leão (2019), além da série de comédia Key and Peele (2012-2015).

A história da animação aborda dois irmãos demônios, dublados por Key e Peele, que escapam do submundo e vão parar em uma cidade onde acabam tendo de fugir de uma adolescente que está tentando destruí-los. Embora os dois sejam demônios do inferno, estes não são, necessariamente, os malvados ou os "bandidos" do filme. E para Selick, a humanidade se encaixa nessa proposta.

O animador já tinha a ideia na cabeça e queria colocar em prática: "Entrei em contato com ele [Peele] e falei sobre a ideia do projeto, e quis saber se ele, junto de Keegan Michael Key, gostariam de colaborar. Foi um sonho se tornando realidade para mim”, explica Selick.

Também foi abordado a questão da pandemia causada pelo COVID-19, e um dos pontos levantados é que a animação é uma das mídias mais resistentes dentro deste momento, na indústria audiovisual. O roteiro, storyboard, edições, composição, tudo isso acaba não sendo tão afetado, mas em relação ao stop motion, Selick coloca: "Uma das razões pelas quais eu amo animação em stop motion é fato dela ser bastante colaborativa fisicamente. Você pode não estar com todo mundo o tempo todo, mas você está usando suas mãos e direcionando. É uma conexão".

Coulais também comentou e fala que "A vantagem de ser um compositor é que estamos sempre contidos, sozinhos em nosso estúdio, escrevendo músicas... Por isso, não era tão incomum". E sobre a animação, o compositor elogia o trabalho que Selick tem realizado: "É um sonho para um compositor. Este filme precisa de muita música. Este é um mundo mágico que permite muita experimentação".

Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy 2020 - totalmente digital neste ano - continua até o dia 20 de junho. No dia 19 de junho, acontece a Cerimônia de Premiação.

Via Deadline.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para nos seguir em todas as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e Youtube) para não perder nenhuma novidade.

Deixe um comentário