The Boys 3a temporada
Listas

The Boys | As melhores coisas da 3ª temporada até agora

Já são 4 episódios de pura escatologia e outras bizarrices

Edipo Pereira

12 jun, 2022

A 3ª temporada de The Boys chegou ao Prime Video da Amazon no último dia 3 de junho de 2022 e, como não poderia deixar de ser, já tivemos uma ruma de momentos marcantes para guardar na memória (alguns, inclusive, que seriam melhor não nos recordarmos devido ao absurdo nível de escatologia).

Como você bem sabe, a produção acompanha um universo onde os super-heróis vivem numa realidade semelhante à nossa, com toda publicidade e jogo político que permeiam a sociedade capitalista neoliberal. Dentro desse contexto, não é nenhuma surpresa que a grande verdade que realmente interessa é a do jogo de bastidores, onde é praticamente impossível confiar na índole de uma pessoa - sendo ela super ou não.

Selecionamos algumas das melhores coisas que aconteceram até agora nesta 3ª temporada de The Boys. Confira:

Escatologia: nível altíssimo

A cena com o que seria um Homem-Formiga nesse universo de The Boys, onde o personagem se prepara para fazer sexo com um parceiro, é uma das coisas mais absurdas que se pode encontrar nas produções (pelo menos nas que alcançam o grande público) atuais. O super ser fica diminuto e entra na cavidade peniana do parceiro para lhe proporcionar um prazer diferente e, como se isso não fosse bizarro o suficiente, ele acaba espirrando por ter cheirado muita cocaína, o que faz com que ele voltasse ao seu tamanho normal involuntariamente. Resultado: explodiu o parceiro de dentro para fora.

Capitão Pátria cada vez mais autoritário

Nesses primeiros episódios também tivemos uma inclinação ainda maior de Homelander para um autoritarismo sem precedentes. Ao ser ameaçado por Annie, o Capitão Pátria simplesmente ligou o F0d@-$# e passou a criticar a Vought publicamente, deixando claro que se não tiver nada a perder, então vai passar a fazer as mais absurdas barbaridades contra a humanidade. Seu movimento deu certo e todos passaram a temê-lo ainda mais, e agora ele se sente ainda mais à vontade para fazer o que quiser.

Profundo e seu "canibalismo"

Uma das perversas atitudes de Homelander foi castigar Profundo, forçando o personagem (que é uma sátira ao Aquaman) a se alimentar de um polvo. Não bastasse a sensibilidade do "herói" para com seus pares marítimos, ele ainda teve que engolir a comida enquanto estava viva, entendendo todas as suas súplicas para não ser morto. Nojeira pura.

Soldier Boy

Jensen Ackles já deu as caras como Soldier Boy, e as semelhanças com o Capitão América são bastante óbvias. Porém, ao contrário de já termos o personagem jogado de uma vez nas telas, estamos vendo sua introdução se dar aos poucos, o que aumenta a expectativa para quando ele se encontrar com os super-heróis contemporâneos após ter ficado um bom tempo preso na Rússia.

Composto V temporário

Nessa busca pelo Soldier Boy, que é motivada pelo desejo de Billy Butcher em matar Homelander, algumas doses do composto V temporário caíram nas mãos do personagem vivido por Karl Urban, que utiliza o soro para uma apresentação brutal de seus poderes contra o antigo sideckick do Soldier Boy.

Billy Joel continua embalando a trilha de The Boys

Hughie, interpretado por Jack Quaid, é o personagem que mostra a visão do espectador dentro da trama. Sua personalidade é constantemente retratada através das músicas de Billy Joel, um artista que tem tudo a ver com esse protagonista: suas músicas a princípio podem não possuir tanta sofisticação, mas também podemos encontrar valor nas coisas mais simples desde que feitas com o devido esmero. E é isso que Billy Joel faz com suas composições, retratando o cotidiano de um cara comum e as pressões do dia a dia que, no caso de Hughie, acaba vendo sua vida de "cara comum" sendo transportada para o mais bizarro dos contextos.

Na terceira temporada de The Boys, já tivemos mais uma boa dose de Billy Joel com Uptown Girl, canção usada para retratar a situação de Annie, a super-heroína Luz Estrela em The Boys.

Deixe um comentário