Recado a Adolf | Pipoca & Nanquim inicia pré-venda da obra de Tesuka

22
recado-a-adolf-editora-pipoca-e-nanquim-capa

Chamado de Deus do Mangá, Osamu Tesuka chega na editora com uma de suas obras mais madura e elogiada; Recado a Adolf se debruça sobre um dos episódios mais infames da humanidade

Já está em pré-venda pela Amazon o novo mangá da editora Pipoca & Nanquim, Recado a Adolf. A obra, que chega pelo selo Drago (destinado às publicações orientais), é de autoria do grande mestre Osamu Tezuka. como de praxe, quem adquirir os dois volumes antes do lançamento garante um belo desconto usando o cupom divulgado pelo canal do PN (clique aqui).

É a primeira publicação de Osamu Tezuka na editora, que já trouxe obras de outros grandes nomes da nona arte para o seu catálogo como Milo Manara, Jack Kirby, Esteban Maroto, Philippe Druillet, Jeff Lemire e muitos outros.

O Deus do Mangá Osamu Tezuka, um dos maiores artistas do século XX, se debruça sobre um dos episódios mais infames da humanidade, a ascensão do Partido Nazista e a Segunda Guerra Mundial, e nos entrega um dos melhores trabalhos de sua carreira, que mistura os gêneros policial, espionagem e aventura em uma história fascinante. O mangá Adolf ni Tsugu está de volta ao Brasil, dessa vez em uma coleção de dois grandes volumes e com seu título original: Recado a Adolf.

Nesta história nós acompanhamos a vida de três Adolfs. O primeiro deles é filho de um oficial nazista do consulado da Alemanha no Japão. O outro é um japonês filho de imigrantes judeus. E o terceiro é… Adolf Hitler. Três pessoas completamente distintas, com apenas o nome em comum, cujos destinos estão entrelaçados com o de um repórter japonês chamado Souhei Touge, detentor de um valioso documento que guarda um grave segredo sobre Hitler. Um segredo que, se revelado, colocará fim à marcha dos nazistas e destruirá o pior Adolf que o mundo já conheceu. Produzido nos anos 1980, esse é um dos mangás mais adultos de Osamu Tezuka e um dos últimos de sua impressionante carreira, feito no estilo realista dos gekigás.

As duas edições da editora Pipoca & Nanquim têm mais de 600 páginas cada e trazem a história completa, com capa cartão e sobrecapa com verniz de alto relevo, miolo colado e costurado para o melhor manuseio na leitura, papel polén bold de alta gramatura, com glossários exclusivos da versão brasileira e biografia do autor. Confira a prévia do volume 1:

A tradução é de Drik Sada, que também trabalhou na versão anterior lançada no Brasil pela Conrad.

Publicidade