Hqs e Livros

Mata-mata é o novo conto transmídia de Zé Wellington

Conto policial gratuito da Editora Draco relembra auge da pistolagem no Ceará

Diego Barbarossa

30 dez, 2020

Em décadas passadas, o Ceará viveu o auge da era da pistolagem. Políticos guerreavam muito além do campo das palavras, utilizando pistoleiros para executar adversários. Esses controversos matadores ganharam fama no período e eram temidos principalmente nas pequenas cidades. Em Mata-mata, o escritor e roteirista Zé Wellington (Cangaço Overdrive) imagina o retorno de um pistoleiro aposentado numa história sobre vingança e família.

Mata-mata é uma experiência transmídia escrita e produzida por Zé Wellington, com ilustrações de Rafael Dantas (Mandacaru Vermelho e Lâmina Azulada), trilha sonora com oito músicas de Rafael Cavalcante e áudio drama produzido pela 20a20 Produtora, com a interpretação dos atores Frank Terranova e Alexandre Fontenele.

Para baixar o conto de forma gratuita e/ou escutar o podcast sobre o e-book, acesse o site aqui. O projeto é financiado pela Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural.

Deixe um comentário