O poeta e pintor britânico William Blake está vivo em “O Matrimônio de Céu & Inferno”, mais nova Graphic Novel publicada pela AVEC Editora, onde as mentes pulsantes de Enéias Tavares e Fred Rubim mergulham nesta epopeia no melhor estilo Tarantino, flertando com o “fantasismo” e a perdição

O poeta Inglês William Blake me despertou curiosidade desde a primeira vez que ouvi seu nome, foi ainda muito jovem, quando me apaixonei pela banda The Doors, que mergulhava nos poemas e nas cores do autor, trazendo na carne dura e quente suas dores artísticas, inclusive carregando em seu nome a mensagem de Blake, “Quando as portas da percepção forem abertas, veremos tudo como realmente é: infinito”.

Eis que William continuava a me perseguir, em obras como a do escritor Aldous Huxley, que descaradamente falava em “Portas da percepção“. Depois no cinema, onde um Dragão Vermelho devorava e consumia a alma de um serial Killer, a ponto dele sentir a necessidade de consumir fisicamente a obra. E quem diria, em um quadrinho da Marvel, Wolverine Origens, onde o Poema Tigre, dança de forma primorosa na vida do mutante canadense.

A mais nova graphic novel da AVEC Editora, O Matrimônio de Céu & Inferno, chega para se juntar a esses grandes projetos que têm como base a obra de Blake tomando forma através da escrita de Enéias Tavares e desenhos de Fred Rubim.

Para Enéias, é perceptível a influencia em sua escrita, delicada quando necessária, e cheia de dor visceral quando a trama solicita. Já tinha tido essa percepção, mas pensei que fossem referencias a Alan Moore (que também bebeu muito de Blake), até o dia que tivemos uma boa conversa sobre Blake. Ali, tive a certeza de como Enéias é um a pessoa com a alma totalmente ligada ao passado, um professor, um autor clássico no melhor estilo.

Na adaptação do livro publicado em 1792, onde Blake por meio de texto e simbologia visual, ou seja, sua gravuras, retratava a essência do bem e do mal e como a humanidade acaba se corrompendo pelas regras impostas por ela, Enéias e Fred apresentam uma nova forma de enxergar essa trama corrupta do dia a dia terreno e como o humano é repleto de sentimentos malignos utilizados em nome de uma divindade maior.

Acompanhamos 3 personagens com tramas que vão, no melhor estilo Quentin Tarantino, se mesclando em meio a perdição e sangue. O assassino e capanga Amarante, que trabalha para uma organização ligada a mais poderosa droga de todas, aquela que todos nós precisamos…a fé. A garota de programa Verônica, envolta em uma trama cheia de vingança e a artista plastica, Dani, que acaba encontrando nas drogas a unica forma de conseguir seus sustento e abrir as percepções de suas portas artistas. Todos estão envolvido em um submundo bizarro, onde a religiosidade e a fé é manipulada para que almas escusas e cheias de ódio, consigam seus objetivos. Até onde a alma humana pode ser tão manipulada? Quanto vale a vida? E em que momento anjos e demônios podem se conectar em um antro de sangue e tortura?

Num encadernado incrível e cheio de extras, que nos mostra todas as referencias usadas pelo autor através de em um texto enigmático e cinematográfico que casa de forma primorosa com a arte lúgubre e mignolesca de Fred , onde texto e arte se fundem em um incrível conjúgio , O Matrimônio de Céu & Inferno é uma grande narrativa visual e textual, mostrando a força do mercado nacional de quadrinhos e a capacidade absurda de nossos autores, que conseguem trazer para nossa atualidade uma obra de 1792, com total ritmo, imersão e capacidade de deixar o leitor curioso para ler a obra de Blake. Avec Editora mostrando o quanto acredita em nosso mercado. Parabéns aos evolvidos.

PREÇO
R$ 66,60
FORMATO
16×23 cm
128 páginas coloridas
Papel: offset 120g
Capa dura com sobrecapa
CATEGORIA
Quadrinhos
William Blake
Policial
Adaptação
Autor: William Blake e Enéias Tavares
Ilustrador: Fred Rubim
Editor: Artur Vecchi
Diagramação: Vitor Coelho