Doutor Estranho & Doutor Destino: Triunfo e Tormento | Review

0
342

Encadernado de luxo da Panini Books é excelente pedida para quem saiu do cinema ávido para conhecer mais sobre o Doutor Estranho

Superaventuras Marvel, publicado anteriormente pela AbrilDoutor Estranho chegando aos cinemas, e muitos se perguntam: Quem é esse herói da Marvel? Afinal, ele não é lá um personagem tão popular mesmo para quem acompanha quadrinhos, tampouco icônico. Sendo assim, agradecemos a editora abril por lançar o melhor mix de histórias que já existiu: o SuperAventuras Marvel, que em sua segunda edição nos brindou com Dr. Stephen Strange logo na capa, e continuou a publicar mais aventuras do mago.

Mas hoje venho indicar uma HQ que além de ser uma grande aventura na melhor forma de busca e redenção que podemos acompanhar, também é um conto que nos apresenta dois doutores, o já citado Estranho, e um outro que é conhecido por ser um dos maiores vilões da Marvel Comics, o Doutor Destino. Os dois se cruzam em Doutor Estranho & Doutor Destino: Triunfo e Tormento, publicado originalmente em 1989 com roteiros de Roger Stern e a maravilhosa arte de Mike Mignola. A narrativa apresenta uma mudança de perspectiva de Victor Von Doom, personagem tradicionalmente considerado doa maiores vilões em qualquer aparição na Marvel.

“Eles semearam os ventos do desafio. Agora, que colham as tempestades de areia do Inferno”

downloadApesar de estampar na capa o seu nome, o Doutor Estranho acaba sendo um coadjuvante de luxo na narrativa de Stern, mas com o devido respeito que o personagem merece, afinal, ele é o maioral da magia e nessa história (com misto de busca e origem) vemos como Strange ganha o famoso título Mago Supremo, algo que ele carregará nos ombros com todas as responsabilidades que a honraria traz consigo.

Na HQ, somos apresentados ao velho ancião, Mestre Gengis, que dê certo forma é um elo entre os dois personagens e como o “Destino” dos dois sempre esteve muito próximo de se entrelaçar. Gengis convoca todos os místicos do mundo para um grande desafio, no melhor estilo campeonato, para decidir quem carregará o tal título de Mago Supremo. Bom, como vocês devem saber, afinal, não é mistério para ninguém, nosso querido Doutor Estranho é o contemplado com tamanha horaria, que carrega consigo uma certa pegadinha: ter que prestar um favor para aquele que é considerado um dos maiores vilões do mundo, o Doutor Destino.

strange-and-doomPara quem não conhece esses personagens, é muito interessante algumas reviravoltas na narrativa, pois a edição consegue te brindar com um pouco do passado dos dois Doutores. Em Stephen, vemos um vislumbre de seu treinamento, de seu passado como cirurgião e toda sua arrogância, e a quebra de tudo o que ele é para se tornar alguém de valor. Já em Von Doom, vemos sua ligação mais antiga que foi a força motriz de toda a sua busca por poder e conhecimentos arcanos, a busca por sua mãe. A história ainda nos apresenta um outro personagem, não tão bem aproveitado nos dias de hoje (Lembre-se do Homem-Aranha), mas que se bem utilizado e construído pode gerar algo incrível como nesta narrativa, afinal, ele é o próprio mal, um horror soberano e antigo: o demônio Mefisto.

1422667_490227684409615_203461117_nOs roteiros de Roger Stern trazem uma história mais complexa de busca e redenção, onde a luz deve reinar nas trevas, mesmo nos dias mais obscuros, casando magistralmente com a arte de Mike Mignola, que entende demais de demônios e narrativas sombrias construindo uma alegoria fascinante e fluida, que são enriquecidas pela arte final e cores de Mark Badger.

Triunfo e Tormento, publicada pela Painini Books em um lindo encadernado de luxo, não é difícil de encontrar em lojas especializadas (dentro da internet ou fora dela), e é uma excelente pedida para quem acabou de sair do cinema e quer ler mais desse personagem pois ela acaba introduzindo, mesmo que de forma rápida, um pouco mais do Doutor Estranho em uma excelente narrativa sequencial, e ainda de quebra faz um grande serviço ao Doutor Destino, mostrando mais de seu âmago como personagem e sua profundidade cheia de dores, algo que infelizmente ainda não tivemos a oportunidade de ver nos cinemas.