It: A Coisa | 5 curiosidades sobre o monstro de Stephen King

0
126
IT: A Coisa Capítulo Dois

O Palhaço Dançarino, conhecido como Pennywise/It: A Coisa, do livro concebido pelo mestre das falcatruas de terror, o glorioso das narrativas, Stephen King (Estevão Rei), é uma das criaturas mais poderosas (e viajadas) que o escritor fez.

Apesar de nós, do Cosmo, termos feito uma brincadeira na postagem “Palhaços brasileiros que comeriam o Pennywise na chibata“, A Coisa tem poderes e uma origem extraordinária. Assim, confira 5 curiosidades sobre o It:

MAS ANTES! ALERTANDO! AS CURIOSIDADES SÃO SPOILERS SOBRE A HISTÓRIA DO LIVRO!!

Macroverso

A Coisa não é um demônio, nem um palhaço, mas uma criatura cósmica. E sua origem está ligada ao que Stephen King estabelece em sua série, A Torre Negra, como Macroverso. Este lugar é um plano físico e astral que tem sua ligação com a origem do universo. Ou seja, It é um ser alienígena e mais.

No Macroverso existem diversos planos e A Coisa chama o seu lugar de origem de Deadlights. Este é um local que foge da compreensão humana e que, provavelmente, levaria qualquer ser humano a loucura.

Controle sobre Derry

Quem já viu o filme de 2017 ou a minissérie dos anos 90, já deve saber que o palhaço possui a capacidade de transformação física. Mas além disso, ele possui outros poderes, como a manipulação mental.

E por que isso seria importante? It não apenas está na cidade de Derry, no Maine, mas controla quase tudo que acontece nela. O surgimento de Derry se deu por conta da manipulação mental que A Coisa fez com os colonos. Por algum motivo, ele se estabeleceu ali e decidiu que aquela localidade seria sua morada parar dar inicio ao seu objetivo.

É dito que, quem nasce em Derry, cresce e morre por lá. E isso tudo é feito pelos poderes de influência do palhaço.

Esgoto

Como falado, a cidade cresceu como algo que pudesse ajudar o sacana Pennywise. Todo o desenvolvimento e construção tem algo sob forte influência do monstro, e o sistema de esgotos não foge disso.

O sistema de esgotos da cidade é uma representação do sistema digestivo de A Coisa. E por isso, diversas pessoas são levadas ou atraídas para perto de tubulações ou influenciadas para que entrem em alguma parte do esgoto da cidade para servirem de alimento.

Forma real

Como A Coisa veio de um local fora de nossa realidade, ele acabou pegando a forma de uma criatura que seria mais conveniente para que pudesse andar livre pela cidade. Então, ele adota a clássica forma de Pennywise, o Palhaço Dançarino. Como palhaço, ele poderia atrair as crianças, ou se aproximar dos humanos com mais facilidade.

Mas sua forma real foge da compreensão humana, então, o mais próximo que temos é que A Coisa se parece com uma aranha gigante mutante.

Derrota

A única maneira conhecida para derrotar A Coisa é conhecida como Ritual de Chüd. Este ritual se baseia em conhecimentos dos indígenas americanos, e é reforçado por uma Entidade para o um dos membros do Clube dos Perdedores.

Pennywise precisa que ser derrotado em um plano astral, e isso só é possível superando o medo e o controle que ele possui sobre a vítima. Então, o ritual serve para levar a pessoa para um combate direto e indireto com o alien.

Bônus – Gênero

A Coisa não possui gênero, não é macho ou fêmea, mas um ser sem sexo que consegue se reproduzir colocando ovos para isso. Como uma aranha, lembra?

It: Capítulo Dois é a sequência (e conclusão) do primeiro filme e já está em cartaz nos cinemas.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.