Pesquisadores britânicos de Oxford realizaram uma pesquisa para descobrir se jovens que jogam jogos violentos tem mais comportamento agressivo comparado a outros que não jogam. A pesquisa foi feita com 2008 pessoas divididas entre adolescentes de 14 e 15 anos e pais e responsáveis.

A pesquisa usou uma mistura de dados subjetivos e objetivos para medir a agressividade dos adolescentes, além de conseguir informações de pais e responsáveis para analisar o comportamento dos jovens. Por fim, o resultado foi que não houveram ligações entre jogos violentos e comportamento violento desses jovens da amostragem.

Andrew Przybylski, diretor de pesquisa no Instituto de Internet da Oxford, informou que essa ideia de jogos influenciarem no comportamento violento é popular mas que não foi bem testada durante os anos. Netta Weinstein, co-autora do estudo, disse que pesquisadores com ideias já enviesadas anteriormente podem ter influenciado nas opiniões que jogos causam comportamento violento.

O trabalho completo pode ser lido em inglês no Royal Society Open Science.