cine-ceara-mostra-habitos
Filmes

Cine Ceará: Confira selecionados da Mostra Hábitos

Os cinco curtas serão exibidos no canal do Cine Ceará no Youtube

Edipo Pereira

2 dez, 2020

Cinco curtas-metragens foram selecionados para a Mostra Hábitos, uma realização do Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema em parceria com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará – Cagece, voltada para a realização de filmes captados em aparelho celular e dispositivos móveis.

Dentre os selecionados estão dois curtas experimentais, duas ficções e um documentário. Os filmes poderão ser assistidos durante todo o período do 30º Cine Ceará, de 05 a 11 de dezembro, no canal do festival no Youtube.

A ideia da mostra é despertar para as formas de contato que as pessoas têm com a água e a capacidade de cuidar. A forma como a população se relaciona com a água diz muito sobre sua cultura. O júri Olhar Universitário, formado por estudantes de cursos de cinema de Fortaleza, elegerá o melhor filme e o vencedor receberá o prêmio de R$ 3 mil.

O anúncio do vencedor acontecerá durante a cerimônia de encerramento do festival, no dia 11 de dezembro, às 21h30, com transmissão no Cineteatro São Luiz, respeitando os protocolos de biossegurança do Governo do Ceará, no canal do festival no Youtube e na TVC. A entrega será feita por um representante da Cagece.

Os curtas selecionados na Mostra Hábitos do Cine Ceará

Fim do sonho branco. Victor Furtado. Experimental. 3’. CE-Brasil. 2020.

Sinopse: Elas dizem: é preciso parar. Acorda!

Trajetória. José Walter Brilhante Júnior. Ficção. 2.58’. CE-Brasil. 2020.

Sinopse: Uma criança que adora brincar tem sua rotina interrompida quando precisa ir comprar água.

trajetória

S.A.C.. Rodrigo Passolargo. Ficção. 3’. CE-Brasil. 2020.

Sinopse: A humanidade através do seu Serviço de Atendimento ao Consumidor recebe uma ligação inusitada de uma cliente insatisfeita.

Guerreiro das águas. Genaria dos Santos e Patrícia Braga. Documentário. 3’. CE-Brasil. 2020.

Sinopse: O curta apresenta um mergulho fantástico na história do Guerreiro das Águas. O pescador Raimundo Nonato (Xará) foi criado desde pequeno nas águas e possui uma relação de respeito, fé, esperança, mistério, memórias e amor com o mar.

guerreiro-das-aguas-curta

Nati e o bom uso da água. Manuell Neto. Experimental. 2.59’. CE-Brasil. 2020.

Sinopse: Nati era uma menina que não sabia economizar água, e nem acreditava que um dia ela poderia vir a faltar. Nesse filme de metalinguagem vamos descobrir como é o desenrolar dessa história.

Informações: www.cineceara.com

Deixe um comentário