Cidade Pássaro | Longa de Matias Mariani ganha teaser; assista

301

Filme selecionado para a Mostra Panorama do Festival de Berlim retrata a vida de imigrantes em São Paulo

O longa “Cidade Pássaro”, selecionado para a Mostra Panorama do Festival de Berlim, ganha teaser. O filme marca a estreia na direção de ficção do cineasta Matias Mariani, e tem sua première mundial hoje, 21 de fevereiro, às 21h, no CinemaxX 7, com a presença do diretor, que também assina o roteiro, e dos atores do elenco principal – os nigerianos OC Ukeje e Chukwudi Iwuji, e a brasileira Indira Nascimento. Também participam vários nomes da equipe técnica como a produtora executiva Issis Valenzuela, a corroteirista Chika Anadu, Fernando Timba (diretor de arte), Léo Bittencourt (diretor de fotografia) e Cris Rose (figurinista), entre outros. Assista ao vídeo logo acima.

A seleção deste ano da mostra Panorama inclui vários filmes como “Cidade Pássaro” que debatem as fronteiras que definem as origens de cada um, pátria, e a ideia de lar. “Desde quando morei fora do Brasil na juventude, tenho o desejo de fazer um filme sobre a sensação de ser um estrangeiro, de estar em uma cidade hermética, que não se abre para você. Ao mesmo tempo sou muito apaixonado por São Paulo, e sentia que tinha algo a contar sobre a cidade. O ‘Cidade Pássaro’ é o resultado do encontro dessas duas vontades.”, conta Matias.

“Estar em Berlim é um reconhecimento enorme para todos nós que realizamos ‘Cidade Pássaro’ e sou muito grato por isso. Acho também que demonstra um interesse do cinema internacional em ir além das histórias que se espera do Brasil”, complementa o diretor.

Rodado em São Paulo em 2017, “Cidade Pássaro” acompanha a incursão do nigeriano Amadi (OC Ukejepela capital paulista em busca de seu irmão Ikenna (Chukwudi Iwuji), o primogênito de uma família da etnia Igbo. Aos poucos descobre que a vida de professor de matemática bem sucedido foi uma narrativa inventada por Ikenna. Enquanto segue os passos do irmão, na tentativa de descobrir a verdade, Amadi conhece a realidade marginalizada dos imigrantes na capital paulista.

A obra venceu o Prêmio de Desenvolvimento de Roteiro promovido pela Prefeitura de São Paulo e participou do Laboratório de Roteiros Cine Qua Non, no México. O longa é uma produção Primo Filmes (O Cheiro do Ralo de Heitor Dhalia)  e  Tabuleiro Filmes (Diamante, o Bailarina, de Pedro Jorge), em coprodução com MPM Films (O Cavalo de Turin, de Béla Tarr) e associação com a Taiga Filmes (Histórias que só Existem quando Lembradas, de Julia Murat) e February Films (da produtora Junyoung Jung, do filme O Hospedeiro, de Bong Joon-ho). A distribuição no Brasil será da Vitrine Filmes (Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles).

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para nos seguir em todas as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e Youtube) para não perder nenhuma novidade.

Publicidade