o animal cordial gabriela amaral almeida
Filmes

Cena inédita de O Animal Cordial traz duelo entre personagens

Edipo Pereira

2 ago, 2018

Filme O Animal Cordial conta com a direção de Gabriela Amaral Almeida. A estreia acontece dia 9 de agosto

Um embate de titãs. É assim que a diretora Gabriela Amaral Almeida define o confronto entre Djair (Irandhir Santos) e Inácio (Murilo Benício) em cena inédita de O ANIMAL CORDIALque estreia nos cinemas dia 9 de agosto.  O filme é uma fábula violenta sobre desejo na sociedade brasileira. Produzido por Rodrigo Teixeira, da RT Features, com coprodução do Canal Brasil e distribuição da California Filmes, O ANIMAL CORDIAL é o primeiro slasher movie(subgêneros do terror, caracterizados, dentre outras marcas, pelo uso de violência gráfica extrema) dirigido por uma mulher no Brasil.

- Dois dos maiores atores brasileiros em um plano de enfrentamento. Os filmes western sempre me vinham à mente nas cenas de confronto entre Djair (Irandhir Santos) e Inácio (Murilo Benício). Os olhares, as tensões, a iminência do ataque. Os momentos entre eles dois eram como micro-westerns, para mim – explica a diretora.

A história se passa em uma única noite em um restaurante de classe média alta em São Paulo que é invadido, no fim do expediente, por dois ladrões armados. O dono do estabelecimento, o cozinheiro, uma garçonete e três clientes são rendidos e precisam lidar com a situação. O local torna-se palco dos mais diferentes embates: empregados x patrão; ricos x pobres; homens x mulheres; brancos x negros. Civilização e barbárie: os dois conceitos se alternam na claustrofobia de um espaço, que vai sendo desconstruído à medida que soluções “cordiais” se tornam impossíveis.

O gênero já faz parte do portfólio da produtora baseada em São Paulo, que tem títulos como “A Bruxa’, de Robert Eggers, e “Quando Eu Era Vivo”, de Marco Dutra. Pode-se dizer, que faz parte de uma nova onda de produção no terror no Mundo, que não busca envolver a plateia através de sustos fáceis e truques clichês. São filmes mais complexos, com diretores que dialogam com o gênero de cinema de arte e que buscam também trazer reflexões sociais.

Para Rodrigo Teixeira, esta nova forma de encarar o gênero também pode ser comercial: "Acho que existe um tipo de filme de terror que faz terror com menos clichês como uma opção de subverter o gênero de uma maneira inteligente e isso também atrai público".

O filme tem no elenco Murilo Benício (Inácio), o dono pacato do estabelecimento, Luciana Paes (Sara), a fiel garçonete do restaurante, Ernani Moraes (Amadeu), Jiddu Pinheiro (Bruno) e Camila Morgado (Verônica) como os fregueses, e Irandhir Santos na pele do cozinheiro (Djair). Completam o elenco Humberto Carrão, Ariclenes Barroso, Thais Aguiar, Eduardo Gomes e Diego Avelino.

O ANIMAL CORDIAL teve sua estreia mundial no 21º Fantasia International Film Festival no Canadá, um dos mais tradicionais festivais dedicados a filmes fantástico, de horror, terror e demais subgêneros no mundo. Depois da estreia, seguiu para Sitges (Espanha), L’Etrange (França), Razor Reel Flanders Film Festival (Bélgica), dentre outros festivais que celebram o gênero do horror e do fantástico. No Brasil, foi exibido no Festival Internacional de Cinema do Rio, que deu a Murilo Benicio o prêmio de Melhor Ator; no Janela Internacional de Cinema do Recife; no Panorama Internacional Coisa de Cinema, em Salvador; no Rio Fantastik Festival, onde Gabriela Amaral Almeida levou o prêmio de melhor roteiro original,  e FantasPoa 2018, que premiou Luciana Paes e Gabriela Amaral Almeida como melhor atriz e melhor diretora

Acompanhe mais novidades através das páginas oficiais do filme: Facebook O Animal Cordial

SINOPSE
Um restaurante de classe média em São Paulo é invadido, no fim do expediente, por dois ladrões armados. O dono do estabelecimento, o cozinheiro, uma garçonete e três clientes são rendidos. Entre a cruz e a espada, Inácio - o homem pacato, o chefe amistoso e cordial – precisa agir para defender seu restaurante e seus clientes dos assaltantes.

FICHA TÉCNICA: 
Direção e roteiro: Gabriela Amaral Almeida
Argumento: Gabriela Amaral Almeida e Luana Demange
Elenco: Murilo Benício, Luciana Paes, Ernani Moraes, Jiddu Pinheiro, Camila Morgado, Irandhir Santos, Humberto Carrão, Ariclenes Barroso, Thais Aguiar, Eduardo Gomes e Diego Avelino
Produtor: Rodrigo Teixeira
Co-produtor: Canal Brasil
Produção Executiva: Ana Kormanski, Daniel Pech e Raphael Mesquita
Direção de Fotografia: Barbara Alvarez
Direção de Arte: Denis Netto
Figurino: Diogo Costa
Maquiagem: André Anastácio
Som Direto: Gabriela Cunha
Diretora de Produção: Thais Morresi
Montador: Idê Lacreta
Desenho de som: Daniel Turini e Fernando Henna
Trilha Sonora: Rafael Cavalcanti
Supervisor de pós-produção: Henrique Viana
Idioma: Português
Gênero: Thriller/ Slasher/ Gore
Ano: 2017
País: Brasil
Classificação: 18 anos

Continue ligado no CosmoNerd para mais análises e novidades da cultura pop, geek e nerd. Diariamente postamos conteúdos em vídeo, áudio e texto sobre filmes, séries, quadrinhos, livros e games.

Deixe um comentário