Ator de Malhação vive pastor homofóbico em filme sobre Cura Gay

0
31
Levítico-2013-–-A-cura-ronan-horta

Ronan Horta, que se destaca na TV como o policial corrupto Cabo Góes em “Malhação“, da Globo, também está brilhando nas telonas. O ator dá vida a um pastor homofóbico que trabalha em um centro de reabilitação para promover a “cura gay” no filme “Levítico 20:13 – A cura”, dirigido por Lívia Ruas.

O filme fala sobre pacientes de uma clínica de reabilitação sexual que acreditam na cura gay. Eles submetem-se, voluntariamente, aos tratamentos controversos aplicados pelo pastor. O curta foi reconhecido com a indicação de melhor curta-metragem no Festival Internacional de Las Vegas, e com os prêmios de melhor edição e ator, no Hollywood Dreams Festival e a diretora Lívia Ruas foi premiada como melhor diretora no Action on Filme Mega Fest Internacional.

“O Carlos é um pastor que é homossexual enrustido e que, ironicamente, promove a cura gay dentro de um centro de reabilitação através de tratamentos controversos. Foi uma honra ter participado deste filme, um trabalho tão bem dirigido pela Lívia e que aborda um tema tão interessante e polémico. A arte também deve ter esta função de trazer o debate, fazer as pessoas pensarem, refletirem, contribuir de alguma forma para um mundo mais humano, com menos preconceito e julgamento. Fico muito feliz com este reconhecimento nos festivais”, comemora Ronan.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.