O texto a seguir contém SPOILERS da quarta temporada de Arrow!

Arrow é, acima de tudo, uma série moldada por mortes. Cada personagem que sai de cena acaba servindo para atingir um determinado objetivo. Como protagonista, Oliver Queen acaba ficando com o peso de saber administrar tais perdas. Foi assim com seu pais, com Tommy, Sara e agora com Laurel Lance. Eleven-Fifty-Nine, 18º episódio da quarta temporada, mostrou que por mais calejado que o Arqueiro Verde esteja, a dor de perder alguém amado sempre é dolorosa.

Aliás, essa quarta temporada já começou anunciando que alguém importante comeria capim pela raiz. E tendo esse grande mistério nas mãos o roteiro foi trabalhando com as expectativas e imaginação dos fãs. Um mistério tão grande que nem mesmo Sthepen Amell conhecia a identidade do escolhido. Diferente da terrível terceira temporada, o novo ano de Arrow começou bem. O drama, antes tão criticado, finalmente funcionava. No ramo das especulações todos se perguntavam quem iria morrer. Felicity esteve sempre na mira de uma arma, mas apesar de tudo conseguiu escapar “ilesa”. O problema é que Arrow não consegue ficar boa por tanto tempo. E quando a série já entrava naquela famosa queda de qualidade, a morte veio para moldar o cenário novamente.

1280e_arrow401

Agora surge uma questão primordial: o quanto a morte de Laurel Lance vai ecoar por Arrow? Funcionou muito bem para o grande drama da temporada. Foi realmente emocionante, principalmente pela reação do Capitão Lance (Paul Blackthorne). Mas essa morte vai influenciar o futuro da série e do Oliver ou vai se tornar apenas mais uma estatística? Só um motivo para que o Arqueiro Verde consiga derrotar Damien Darhk na reta final da temporada. Se não passar disso, será apenas uma saída fácil encontrada pela equipe responsável pela série.

Durante uma entrevista, o produtor executivo Marc Gugghenheim comento sobre o polêmico assunto: “Nós começamos este ano com a promessa de uma morte, e quando nós trabalhamos o nosso caminho por meio de nossas diferentes opções criativas, percebemos que a única coisa que vai fazer mais barulho, indo para o final da temporada e na próxima, infelizmente seria [matar] a Laurel. Sabíamos que iria irritar muita gente. Nós não somos [cegos] para o shipping, e não estamos [cegos] para as controvérsias da internet … Mas nós nunca tomamos decisões sobre a série, de forma criativa, por causa da internet”. Já sabíamos que qualquer personagem em Arrow, exceto Oliver, poderia morrer. Mas o que vale ressaltar é que cada um que partiu funcionou para a evolução do personagem principal.

laurel

Não é que ninguém gostasse da Laurel, mas é inegável que a personagem deu uma estagnada. Até a sua morte, ela passou por altos e baixos durante essas quatro temporadas. E quando eu digo baixos entenda como o fundo do poço. Namorada traída, inimiga do Arqueiro, alcoólatra e por fim combatente do crime. Essas foram as fases dela durante todo esse tempo. Mesmo quando assumiu o manto de Canário Negro ela não conseguiu convencer logo de cara. Katie Cassidy e Stephen Amell nunca tiveram a melhor das químicas em cena, o que acabou abrindo espaço para Felicity. Não é impossível pensar que Laurel cumpriu seu objetivo na série.

Todo o episódio foi construído para o grande clímax. Sabe quando um personagem vai ganhando muito destaque de repente? Pois é, sabemos que ele vai conhecer o outro mundo. Na cena antes de sua morte, Oliver e Laurel tiveram um momento de redenção. Ela declarou seu eterno por amor por ele – o que era totalmente desnecessário diante de tudo que aconteceu – e lhe pediu um favor. Esse pedido, mantido em segredo, será revelado apenas na próxima temporada e promete ser fundamental para o futuro. Quem garantiu isso foi a produtora executiva Wendy Mericle, durante uma coletiva de imprensa.

AR402a_0406b-1

Tudo bem que no universo de séries da Warner ninguém permanece morto por muito tempo. Tem Poço de Lázaro – ou você acha que só existia o de Nanda Parbat? – viagem no tempo e outras coisas malucas. Katie já foi confirmada no 22º segundo episódio da segunda temporada de Flash, onde viverá a Laurel Lance da Terra-2. Quem sabe os caminhos dela e do Time Arrow não se cruzam por aí? O futuro é um livro aberto.

Obs: alguém por favor avisa para os roteiristas que esses flashbacks já encheram o saco. Tirando aquele que apresentou John Constantine, nenhum outro serviu para nada até o momento. Uma frase simples servia para explicar que Oliver já conhecia o totem usado por Darhk…