Séries

Animaniacs retorna com episódios inéditos no Hulu

Após 20 anos, serviço de streaming traz de volta uma das melhores animações já feitas

Becky C.

23 nov, 2020

Nem só para os males a época em que vivemos serve, principalmente para reboots. A Hulu trouxe de volta uma das mais icônicas animações dos anos de 1990: Animaniacs. Quem cresceu nessa época (ou tem uma mãe fã que nem eu e compra todos os DVDS pra cria não crescer sem saber quem são os três personagens), com certeza deve estar muito satisfeito ao ver a volta triunfal de Wakko, Yakkko e Dot, que também traz para o páreo o Pink e o Cérebro, outra paixão nossa. Mas, para quem não conhece, pois é novinho demais para isso, calma! Vamos contextualizar um pouquinho. Segue aí.

Os Animaniacs é cria de Steven Spilberg (não só dele, mas é atribuída principalmente a ele, claro), e é uma série animada distribuída pela Warner Bros., inspirada no filme Uma Cilada Para Roger Rabbit (não conhece? Corre pro Disney+ assistir!). Nasceu nos anos de 1990, começando a sua aparição mesmo em 1993 e é ambientado no mesmo universo dos Looney Toones. Os episódios eram uma mistura de cultura pop, com segmentos educacionais que iam de história até estudos sociais e astronomia, muitas vezes por meio da música, e também aquela comédia "non-sense", com muitos trocadilhos e besteirol. A série teve 99 episódios e um filme. Os personagens, por serem considerados perigosamente malucos, foram "trancados" na caixa d'água da Warner Bros., de onde escapavam constantemente para aprontar por aí.

Inclusive, se tiver curiosidade, os episódios da série original ainda são muito válidos, com temas educacionais que são vigentes até os dias atuais, e o humor simplesmente não se perde. Vale a pena dar uma olhada no antigo antes de assistir ao reboot, que, por um acaso, lançou agora, esse mês, na Hulu, dia 20 de novembro.

O reboot traz as vozes originais dos personagens Yakko, Wakko e Dott, que agora irão viver em uma era de aventuras que possuem filmes de super-heróis, influencers, trolls on-line e todo tipo de coisa nova com o que trabalhar. Isso por si só seria material o suficiente para reviver as aventuras dos irmãos de modo magnífico, mas os criadores dessa nova versão alegam que é um desafio capturar a essência original da série e conquistar não somente um novo público, que nunca ouviu falar dos Animaniacs, como o antigo, que ama a série e agora consegue pegar todas as milhares de referências dentro da série.

Wellesley Wild, um dos co-showrunners e produtor executivo, disse que "um dos objetivos da série é que ela seja à altura da antiga, e que eles tentara, equilibrar a violência cartunesca da época com as sátiras, as paródias, o meta-humor, as músicas, a comédia e o conteúdo educacional que sempre teve." Ele também acrescentou que está apavorado, pois é um trabalho que já possui uma forte fan base. E, claro, o que ele mais quer é agradar aos fãs e conquistar uma nova galera.

Foi em 2018 que a Hulu anunciou o acordo feito com Amblin e a Warner Bros. Animation para produzir novos episódios para a série dos Animaniacs (até então, é confirmado duas temporadas, com 13 episódios cada). Parte da contratação feita para o reboot foi a de Wild, que está há tempos como roteirista e produtor de "Family Guy", que afirmou que vai manter o tom original do show sempre à vista. Ele também acrescenta que, como pai de dois filhos, nunca se deve subestimar o quanto as crianças conseguem captar do show, mesmo que adultos tenham a ideia de que o humor é muito sofisticado ou o que for. As crianças, diz ele, realmente notam tudo.

Gabe Swarr, co-showrunner e co-produtor executivo, explica que os designs dos personagens foi remodelado, mas não de forma a descaracterizá-los, respeitando o estética original.

Infelizmente, alguns membros chaves do show original não fazem parte do novo projeto, como Tom Ruegger, um dos criadores da série original, assim como de outras, como Tiny Toons (que também vai receber o seu próprio reboot). Ele explicou que foi convidado para enviar um roteiro para a nova animação, mas sentiu que estava participando de uma espécie de processo seletivo e não fazia sentido para ele, já que foi ele um dos criadores da animação. Então, acabou por declinar a oferta e ficar de fora do reboot.

Como fã antiga da série, sinto-me ansiosa para ver o que foi feito. Os comentários sobre os episódios têm sido positivos (o primeiro que li foi: Primeiro episódio foi marcado por piada com Johnny Depp, em poster que diz "Johnny 2: Contando Mentiras, estrelando Johnny Depp" onde o ator está segurando uma tesoura, em referência ao incidente dele ter cortado o próprio dedo e colocado a culpa em Amber Heard."). Ou seja, já espero a velha acidez, a "porra louquice" e muita, mas muita diversão.

E vocês?! O que esperam?!

Deixe um comentário