Sex Education | O que esperar da 3ª temporada da série na Netflix

0
sex-education-2a-temporada-netflix-crítica

Exclusiva da Netflix, Sex Education já está com a 3ª temporada confirmada pela plataforma

A Netflix trouxe, há alguns meses, novos episódios da excelente série Sex Education, estrelada por Asa Butterfield e Gillian Anderson. Novos temas e personagens foram apresentados, culminando num desfecho que (como quase sempre) deixou ganchos para o futuro. Desse modo, selecionamos alguns pontos a serem desenvolvidos na já confirmada 3ª temporada. Confira:

1Otis e Maeve

Os encontros e desencontros desse casal já cansou um pouco, e para os próximos episódios Otis vai ter que lidar com um rival que joga sujo. Maeve, por sua vez, está num período complicado pelo que passou com sua mãe.

2Jean

A personagem de Gillian Anderson é certamente uma das mais interessantes da série, além de mostrar a atriz famosa pela série Arquivo X numa figura bem diferente. Para a 3ª temporada, vamos conferir a continuidade de sua curva sentimental, pois ela descobriu estar grávida. Além disso, seu trabalho como terapeuta sexual deve continuar a ter grande importância.

3Aimee

Uma das cenas mais impactantes da temporada atual foi o abuso sexual sofrido por Aimee no ônibus, no qual um homem se aproveitou dela. A cena pode não ter sido o pior dos abusos que uma mulher sofre no dia a dia (como seria com uma agressão física ou estupro) mas serve muito bem para retratar o que mulheres são obrigadas a passar constantemente. Ela conseguiu superar parte do trauma sofrido, mas ainda há muito conteúdo a ser explorado na 3ª temporada de Sex Education sobre isso.

4Triangulo amoroso

Rahim foi um exemplo de como uma pessoa incrível, atenciosa e honesta pode não ter os atributos suficientes para manter uma relação com quem deseja. Eric e Adam já possuem uma história juntos, mas isso ainda precisará de desenvolvimento no futuro.

5Jackson

Depois de arrasar na peça de teatro musical no colégio, Jackson parece estar finalmente livre da pressão que sofria de suas mães. Mas sua história ainda deve ter alguma sequência a partir da amizade com Viv. O preconceito da turma do bullying, que zomba dele por trocar a natação pelo teatro, também seria um tema legal de ser desenvolvido.