Coisa Mais Linda está disponível na Netflix, e a série original brasileira trouxe uma história bem legal ambientada no Rio de Janeiro do final da década de 1950, no contexto de uma sociedade extremamente machista e na ascensão da bossa nova.

Desse modo, e levando em conta o final impactante, resolvemos listar alguns pontos para a 2ª temporada da série [SPOILERS A SEGUIR]:

1. Malú (Maria Casadevall) e Lígia (Fernanda Vasconcellos)

O final impactante trouxe a chocante cena onde Augusto (Gustavo Vaz) atenta contra a vida de Malú e Lígia. Aparentemente, Malú foi a única sobrevivente, mas o resultado disso está totalmente em aberto.

2. Augusto

O machismo predatório está representado em Coisa Mais Linda, principalmente na figura de Augusto que, antes de atirar contra Malú e Lígia, cometeu outros crimes como espancamento e estupro. Seria muito bom ver ele tendo o que merece na 2ª temporada.

3. Thereza e Helô

Mel Lisboa teve grande destaque na série vivendo Thereza. No entanto, ela vive um verdadeiro imbróglio sentimental, onde está envolvida com Nelson e Helô (Thalia Ayala).

4. Chico Carvalho

Antes do atentado, Chico Carvalho (Leandro Lima) tinha decidido sair em turnê pelo mundo com sua música. Não sabemos, no entanto, se ele terá coragem de deixar Malú para realizar esse sonho.

5. Coisa Mais Linda

Nesse balaio, não sabemos exatamente como ficará o novo espaço musical do Rio de Janeiro. Porém, Adélia (Pathy Dejesus) pode tocar muito bem o negócio enquanto Malú se recupera.

6. Bossa Nova

Porque não trazer grandes estrelas da Bossa Nova na série? Mesmo como referência, agregaria demais homenagens a nomes como João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

7. Pedro

O grande gatilho para todos os principais eventos da série foi o fato do marido de Malú, Pedro, ter abandonado a protagonista e levado todo o seu dinheiro para viver com outra. O último episódio, inclusive, indicou que ele está prestes a aparecer na série, algo que com certeza deve ocorrer na 2ª temporada de Coisa Mais Linda na Netflix.