Edipo Pereira

26 jun, 2015

Séries

Segunda temporada de True Detective muda estrutura e surpreende onde menos se espera

Na noite do dia 21 de junho de 2015 foi ao ar o primeiro episódio da segunda temporada de True Detective, série original dos canais HBO que apesar do nome não conta com a participação do elenco da primeira, o que por si só já é um desfalque imenso frente à incrível performance de Matthew McConaughey junto com seu parceiro Woody Harrelson. O que vale aqui é a mesma dica usada para o telespectador de outras séries como Better Call Saul: mente aberta e lembre-se de que se trata de um material completamente novo.true-detective-s2-stars

A trama do segundo ano acompanhará três policiais enquanto eles tentam desvendar um caso de assassinato que gerou uma teia de conspiração. Ray Velcoro (Colin Farrel) é um detetive comprometido que está dividido entre seus chefes, que comandam uma delegacia corrompida, e um mafioso que o tem nas mãos. Frank Semyon (Vince Vaughn) é um homem que periga perder seu império do crime quando a legitimação de seu negócio é afetada pelo assassinato de um sócio. Rachel McAdams será uma detetive que terá sua ética posta a prova e Taylor Kitsch interpretará um veterano de guerra suspeito de um crime.

True_Detective_Season_2.png.CROP.promovar-mediumlargeDirigido por Justin Lin (Velozes & Furiosos 3, 4, 5 e 6), "The Western Book of the Dead" traz muito mais dos personagens do que da trama propriamente dita. Dessa forma, ainda não é possível (muito menos prudente) tecer qualquer opinião a respeito dos rumos que a história dessa nova temporada de True Detective irá tomar. O que podemos adiantar é que a estrutura mudou, o que não é nada surpreendente quando se trata de HBO. Manter a fórmula do primeiro ano com McConaughey e Harrelson (que trabalham como produtores executivos aqui) seria atingir um resultado mediano na melhor das hipóteses. O único flashback do episódio é numa passagem onde entendemos o envolvimento entre Ray e Frank.

O personagemtrue-detective-season-2-teaser-screencap_1280.0.0 de Colin Farrell ganhou muito destaque e logo de cara entendemos suas motivações (ou falta delas) e defeitos. E é tudo muito prático: em pouco tempo de fita já estabelecem um personagem profundo e humano, e o próprio ator está empenhado em fazer um bom trabalho, aparentemente. O irlandês está transformado aqui, e qualquer comparação com papéis anteriores parece algo redundante a se fazer.

10958798Outro que surpreende e pode render muito é David Morse, que interpreta Eliot Bezzerides. Com sua cara de cidadão comum o ator às vezes pega personagens bizarros (como em 12 Macacos) e é sempre divertido vê-los em cena. Rachel McAdams, que interpreta Anni, pode até ser frequentemente associada a comédias românticas, mas é só dar uma olhada no histórico da moça que você verá filmes de qualidade em seu currículo, como Meia Noite em Paris (Woody Allen) e Amor Pleno (Terrence Malick). A policial aparenta sempre estar no controle de tudo na vida, com uma visão definida para a maioria das coisas o que a levará a bater de frente com sua irmã e seu pai. Taylor Kitsch fecha a trinca de detetives com chave de ouro, num personagem veterano de guerra cheio de cicatrizes (e o que seria Black Montain?). Vince Vaughn aparentemente está num papel que não exige muito, mas trataremos melhor dele adiante.

True Detective reestreou muito bem. A criação de Nic Pizzolatto (roteirista da série) tem tudo para repetir o sucesso, e nós do CosmoNerd acompanharemos cada episódio, via HBO.

Deixe um comentário