Modern Love: a série sem contra-indicações da Amazon | Crítica

0
Elenco de peso de modern love

Sem correr riscos, Modern Love aposta em histórias leves e elenco de peso

Ah, eu precisava falar dessa série. Nem que seja em um texto curtinho. Por sinal, a série é curtinha – oito episódios de cerca de 30 minutos cada –, então acho que cabe falar dela também sem me estender muito.

Modern Love é deliciosa. Produção original da Amazon Prime Video, a série é baseada em histórias de amor reais publicadas no jornal The New York Times. Ou seja, trazendo um formato de antologia (aos moldes de Black Mirror), cada episódio conta uma história diferente.

Ignore críticos rabugentos que podem querer exigir aqui uma complexidade maior do programa. A série foi feita para você que quer deitar no sofá, esquecer um pouco dos problemas do cotidiano e se relacionar com uma história simples e leve. Basicamente é isso, nada de muito ousado. O “moderno” do título talvez tenha mais a ver com a tentativa de buscar narrativas que fujam um pouco do óbvio.

Dev Patel integra elenco

Em vez de mostrar como duas pessoas se conheceram no Tinder, por exemplo, vemos um episódio dedicado a um criador de aplicativo de relacionamentos que conta a uma jornalista sobre um grande amor do passado. Ou, ao invés de revelar o início de um relacionamento homoafetivo, por que não darmos um passo à frente para trazer um casal de homens em meio ao sonho de adotarem uma criança?

Sim, fica aqui e ali o desejo de mergulharmos um pouco mais na vida dos personagens retratados. Talvez esse seja o ponto negativo da série. Mas a verdade é que em nenhum momento somos enganados. Seu formato deixa claro que a ideia de tomar banho no raso é premissa do programa (vide seus 30 minutos por episódio).

Anne Hathaway e a bipolaridade

Com direção do irlandês John Carney, – que pra quem não lembra é o mesmo diretor do delicado Apenas uma Vez (2007) –, o que temos são recortes de inspiradoras histórias de amor da variados tipos. Para isso, a série conta com um elenco privilegiado, que traz nomes como Anne Hathaway (Os Miseráveis), Tina Fey (Saturday Night Live), John Slattery (Mad Men), Andy Garcia (O Poderoso Chefão III) e Dev Patel (Lion: Uma Jornada para Casa) ao lado de atores menos conhecidos que de forma alguma decepcionam.

O lance é o seguinte, Modern Love acaba funcionando como um excelente remédio para aqueles dias em que o sorriso não vem fácil. Você pode consumir um comprimido por vez e ir guardando os outros para momentos oportunos. Ou pode consumir todos os oito comprimidos de uma só vez sem nenhuma contraindicação. Mal com certeza não vai fazer.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.