Evelyn Batista Silva

28 set, 2021

Séries

K-drama diverte com boas doses de ação, magia e amor

Imprevisível, com muita ação e drama, essas características fazem parte do K-Drama Memórias de Alhambra, que você pode conferir na Netflix. Com os atores Hyun Bin (Pousando no Amor, Secret Garden) e Park Shin Hye (#Alive, O Mito de Sísifo) a história acontece em sua grande parte em uma cidade da Espanha, que está cheia de uma certa magia especial.

Yoo Jin Woo, presidente de uma empresa de investimentos, parte para Alhambra após uma ligação de Jung Se Joo. Ao seguir as instruções, chega em Granada (Espanha). É quando JinWoo se vê na Pousada Bonita e em um mundo mágico que vai fazê-lo duvidar de sua própria sanidade, mas que o levará a outro nível, literalmente. Na pousada, o aventureiro presidente encontra Jung Hee Joo, dona da pousada e irmã mais velha do jovem Se Joo.

O motivo da ligação é que o jovem, interpretado pelo cantor e rapper Park Chanyeol, quer vender seu jogo de realidade virtual e não deseja vender para alguém “mau”. Mas o que o competitivo presidente encontra é mais que um jogo, é quase... magia! O jogo de realidade virtual desenvolvido por Se Joo, está nas ruas de Granada, e JinWoo logo vê todo potencial do jogo e todo o dinheiro que ele pode ganhar com o lançamento dele, o Memórias de Alhambra.

Mas, como é necessário um drama, ao chegar em Granada, JinWoo não encontra o desenvolvedor e ainda descobre que seu ex-amigo, Cha Hyun Seok, também está em ali tentando comprar o jogo. Após um embate em que Yoo Jin Woo sai vencedor, este se vê preso ao jogo e terá que enfrentar diversos outros problemas para mostrar que tudo o que lhe acontece é por causa deste.

Com uma história diferente, Memórias de Alhambra traz a realidade virtual a um novo patamar, quase comparável ao da série Black Mirror. Seu romance fica em segundo plano, já que o desenvolvimento do mistério vindo do jogo é o que preocupa e ocupa quase todos os momentos dos episódios, que tem uma duração média de uma hora.

 

A atuação de Hyun Bin foi excelente, mesmo fazendo um personagem bastante egoísta, extremamente competitivo e aventureiro. Já Park Chanyeol, ainda novato no ramo da atuação, conseguiu passar bem os sentimentos e problemas de seu personagem mesmo tendo pouco tempo de tela.

A atuação da Park Shin Hye, que é ovacionada pelo público coreano, desaponta os dorameiros internacionais, que prejudica, mas não tira o brilho da criatividade do roteiro. Outro ponto que também desapontou muito foi o romance, pois ele ficou para escanteio e, quando aparecia, era muito vago e com atos desproporcionais em relação a como cada personagem mostrava seus sentimentos. Mais um ponto desfavorável para esse K-drama é que, em seu enredo, alguns elementos necessários para sua evolução não ficaram bem explicados, o que deixa um ponto de interrogação na cabeça dos espectadores.

Apesar dos pesares, é uma obra divertida, com bastante ação e drama que deixa quem assiste na expectativa do que pode acontecer, ou melhor, em qual “loucura” o presidente Yoo Jin Woo vai se envolver e como ele vai conseguir resolver.

O final deixou a expectativa de uma possível segunda temporada mas, possivelmente, por causa da pandemia da COVID-19, nada foi dito, o que impulsionou até a realização de uma petição por parte dos fãs por uma continuação. Porém, ainda continuamos sem notícia alguma sobre uma segunda temporada. Você pode acompanhar os 16 episódios pelo streaming da Netflix.

Deixe um comentário