Demolidor 1ª Temporada Ep.2: “Fio da Navalha” – Análise – CosmoNerd

0
802

Possíveis Spoilers de Demolidor a seguir

A inexperiência citada no texto anterior agora se volta contra o herói. O episódio possui uma estrutura muito simples, porém rica. É traçado um paralelo entre Matt Murdock e seu pai. O lutador de boxe Jack ‘Batalhador’ Murdock volta atrás da decisão de entregar (mais uma) luta contra seu oponente, pois apesar de não ser o melhor no que faz ele possui a esperança de que seu filho seja melhor do que ele, mesmo sabendo que nunca foi um grande exemplo de caráter. Os Murdock foram feitos para apanhar, e é isso que está acontecendo com Matt em “Fio da Navalha”. O Demolidor tomou uma bela de uma surra – vejam só – após tentar resgatar uma criança de um sequestro, um tipo de crime que se tornou muito corriqueiro na Cozinha do Inferno.

Essa passagem da morte de Jack está muito bem adaptada para as telas, já que seria forçar demais a barra colocar o pai de Matt como um “cobrador de impostos” da máfia. Ao invés disso, tornaram a prática de entregar lutas em algo que ele já havia feito antes, o que faz todo sentido na trama.

Ddemolidor-netflixessa forma o episódio se torna como uma pausa para respirar um pouco em relação à trama. Isso para o expectador, é claro, porque o Demolidor vai protagonizar uma das mais brilhantes cenas já produzidas para qualquer herói Marvel/DC. Totalmente ferido e esgotado, ele terá que resgatar a criança que motivou tudo isso (incluindo sua armadilha). E é de arrepiar, um plano sequência de mais de 5 minutos, um lindo quebra pau no corredor de um edifício com direito a TV arremessada na cabeça, coronhada no estômago, alguns golpes sem explicação, e a criança salva.

Para os afoitos pelas referências e easter-eggs com o MCU, há novamente a citação com o Homem-Absorvente, mas além disso podemos identificar diversos cartazes no ginásio onde os Murdock treinam, com nomes conhecidos do universo Marvel colados na parede.

Peldaredevilclip-129990a primeira vez vemos na série a enfermeira Claire, interpretada pela bela e competente Rosario Dawson, e a moça não deixa a desejar. Inicialmente temos a impressão de que ela será apenas uma voz para lembrar o herói da moral necessária em sua conduta, mas ela acaba indo além e se mostra uma personagem com muita profundidade, e que provavelmente irá agradar sempre que aparecer na série. Foggy Nelson e Karen Page resolveram tomar umas e vadiar enquanto rola toda essa confusão. Talvez tenha sido melhor assim.