Rick Gervais encabeça After Life, série cômica sobre um viúvo potencialmente suicida na Netflix

Com esse subtítulo de péssimo gosto, After Life – Vocês vão ter que me engolir é a mais nova comédia com selo original na Netflix. A grande estrela aqui é Ricky Gervais, conhecido por seu múltiplo talento em produções onde trabalha como produtor, ator, roteirista e diretor. E ele aplica essas habilidades aqui.

Esse tipo de produção costuma me agradar bastante, pois podemos ver um conteúdo mais intimista desses atores, que dedicam tudo e mais um pouco num projeto com a sua cara. É algo parecido com outras séries como Boneca Russa, que conta com o envolvimento de Natasha Lyonne, por exemplo.

Em After Life, Gervais dá vida a um homem que ultimamente só tem pensado em morrer, Tony. Acontece que, recentemente, sua esposa faleceu depois de lutar contra um câncer. Com exceção de sua cachorra, aparentemente não há mais nada que ligue o protagonista com o resto do mundo, o que acaba lhe dando liberdade para ser um completo babaca ao falar com os outros.

Seguindo em frente

Os curtos seis episódios da série não se preocupam em marcar uma grande superação na vida de Tony, mas sim mostrar uma luta diária para seguir em frente, mesmo que não-intencional. Moralmente, trata-se de um protagonista desprezível, mas a empatia do luto tende a aproximar – e muito – o espectador aos personagens da série.

Alguns aspectos do protagonista, no entanto, podem até ser românticos para faixa da audiência. Há um nível de incredulidade nele que muitas vezes gostaríamos de exercer por aí, mas o convívio social é mesmo uma barreira. Porém, algumas barreiras são quebradas na série da Netflix, tornando passível um julgamento moral sobre sua conduta.

Os coadjuvantes ajudam bastante a ressaltar o protagonista, como Sandy (Mandeep Dhillon) e Lenny (Tony Way), já outros possuem funções diferentes. Matt (Tom Basden) é aquele amigo e/ou familiar que acaba forçando a barra para tentar reanimar aquela pessoa em sofrimento, pois não vê muitas opções.

Sem forçar a barra, After Life – Vocês vão ter que me engolir acaba passando uma leve mensagem sobre seguir em frente, seja qual for as dificuldades. Às vezes queremos ‘meter o louco’ ou ‘chutar o balde’, mas há sempre o dia seguinte – e pessoas que querem nosso bem. De tabela, somos servidos com algumas cenas divertidas numa boa produção encabeçada por Rick Gervais.