Opinanerd

Um novo mundo para Barry Allen

Charles Luis Castro

26 jul, 2016

Ser um super-herói não é o trabalho mais simples do mundo. Não importa quantas batalhas você vença, sempre está longe de ganhar a guerra. E na maioria das vezes, sacrifícios extremos precisam ser feitos para livrar o mundo de uma grande ameça. Não deve ser fácil encostar a cabeça no travesseiro e descansar. Barry Allen sabe disso muito bem, afinal já viveu na pele. Então, jogando fora todas as lições aprendidas nas duas temporadas de The Flash, ele decidiu que não queria mais pagar esse preço tão alto por um pouco de paz.

E como você já imaginava ao final do último episódio da segunda temporada, e foi confirmado meses depois, Flashpoint (Ponto de Ignição em PT-BR) vem aí. Na tentativa de reviver dias melhores, Barry Allen volta no tempo para impedir que sua mãe seja morta. E acaba tendo sucesso em sua missão. Mas isso gera uma série de alterações na realidade, algumas bem drásticas. Aparentemente, essas mudanças maiores estarão restritas apenas a série do Velocista Escarlate. Mas já foi confirmado que algo em Arrow estará diferente, diretamente relacionado ao Diggle.

Na nova temporada de The Flash, veremos Barry se adaptando ao seu novo mundo. Afinal, não apenas seus pais estão vivos, como os demais personagens sofreram mudanças em seus status. "Ele está nessa linha do tempo há três meses. Ele não cresceu com o Joe ou a Iris. Eles são meio que apenas conhecidos. Ele ainda é um CSI", comentou Grant Gustin durante o painel da série na Comic-Con. Durante o trailer, também é possível ver Wally West como Kid Flash, Cisco dono de uma grande empresa e por aí vai. Mas não se preocupe, Barry Allen ainda terá seus poderes.

Apesar de todas essas mudanças, os personagens principais vão manter sua "essência" por assim dizer. Claro, com modificações de atitude, história e etc. Mas não serão versões de outra Terra como vimos na temporada passada. De acordo com Todd Helbing, co-produtor executivo da série, essas transformações não vão sumir da noite pro dia como muitos fãs imaginavam (inclusive este que vos escreve). "É algo que vai repercutir ao logo de toda a temporada", garantiu Todd.

Mas um novo mundo precisa de novos vilões. E eles também vão marcar presença. "Quem é o vilão agora, Flash? Quem é o vilão?", esbraveja o Flash-Reverso durante um diálogo nada amigável com Barry Allen. Talvez relacionado ao novo erro cometido pelo herói. Na nova temporada o perigo virá em dobro. O Doutor Alquimia, clássico vilão do Flash, será um dos problemas. O outro será um novo velocista misterioso. Rumores apontam para o Flash Negro, que assume o papel da "morte" para quem vacila com a Força da Aceleração. E sabemos que Barry fez isso com maestria.

brave-new-world-flashpoint-has-arrived-in-season-3-trailer-of-the-flash-1070033

Se formos comparar com a versão dos quadrinhos, o Flashpoint da série será bem mais "simples". Mas, mesmo que focado em Central City, não significa que será um evento de menor escala. Com toda a interação das séries do The CW, podemos ter consequências inesperadas da decisão tomada pelo Flash. Aliás, em novembro vai rolar o super crossover que promete abalar as estruturas do canal. Arrow, Supergirl e Legends of Tomorrow vão dividir espaço com o Velocista Escarlate. Pode sair algo muito bom dessa mistura.

Em outubro veremos como Barry Allen vai se sair vivendo no seu novo mundo. Fica a expectativa que a nova temporada consiga repetir os acertos de suas antecessoras e superar os erros. Apesar de tudo, ainda confiamos no Flash 😉

Deixe um comentário