Opinanerd

True Detective lutou, mas não resistiu ao mundo cruel das críticas

Charles Luis Castro

31 maio, 2016

True Detective é uma obra de arte que caminhou brevemente pelo mundo das séries. Após conferir a primeira temporada é muito difícil conseguir apreciar outras produções, digamos, mais comuns. O enredo, a ambientação, a trilha sonora, a fotografia, as atuações e etc. Tudo em um encaixe perfeito que agrada aos olhos e a mente. Nic Pizzolatto era um talento pouco conhecido em 2011, quando escreveu o roteiro de alguns episódios da também elogiada The Killing. Mas foi quando se uniu a HBO e Cary Fukunaga que ele pode finalmente mostrar todo seu potencial.

Em 2014 estreou a primeira temporada de sua grande criação até o momento. Estrelada por Matthew McConaughey e Woody Harrelson (com atuações matadoras), True Detective logo se destacou na multidão. Abraçada pelo público e pela crítica, não era loucura esperar uma segunda temporada. Mas logo após a confirmação algo não cheirava bem. Talvez fosse a saída de Cary Fukunaga da produção ou a escolha de elenco do segundo ano. Certo mesmo é que a nova temporada não foi recebida com tanto carinho assim.

Ficou clara qual era a ideia principal de Nic. Cada temporada teria uma pegada diferente, mantendo os policiais e as investigações. Se o primeiro ano tinha aquele ar quase "sobrenatural", o segundo entraria de cabeça no crime organizado, fraudes, oficiais corruptos, assassinatos e por aí vai. Só que o público e a crítica não compraram essa ideia. A audiência foi caindo a cada episódio e a HBO ligou o sinal de alerta. Com o assunto de uma possível renovação tratado com o mais profundo cuidado, parece que finalmente conhecemos o desfecho dessa história.

ep16-ss01-1920

Na apresentação do catálogo para esse ano, a HBO mostrou alguns velhos rostos (como Game of Thrones e Silicon Valley) e outras novidades (como a recente Vinyl). Mas True Detective não estava na lista dos convidados para a festa. O que se comentava era que a terceira temporada seria empurrada para o ano que vem, talvez para dar um pouco de ar para Nic Pizzolatto. Mas de acordo com informações do Hollywood Reporter o buraco é bem mais embaixo.

O contrato dele foi renovado pela HBO, mas ao que tudo indicada Nic está trabalhando em um novo projeto. Não se sabe ainda se foi uma ordem dos superiores ou se ele realmente decidiu partir pra outra. Em todo caso, True Detective não é a primeira série de qualidade vítima da audiência e das críticas. Em tempos onde alguns lançamentos sempre parecem ser mais do mesmo, já é possível imaginar a falta que True Detective vai fazer.

Deixe um comentário