Opinanerd

Novo Jumanji ser uma sequência mostra a esperteza de The Rock

Edipo Pereira

6 set, 2016

Protagonizado por Robin Williams em 1995, Jumanji ganhará continuação com The Rock e Jack Black

Ninguém gosta essencialmente de um remake. Refilmar e dar novas pinceladas num conceito já existente na indústria do cinema é algo extremamente arriscado, palavra muito cruel para os investidores de Hollywood.

Jumanji

Alguns casos deram certo como Scarface (Brian De Palma), Os Infiltrados e Cabo do Medo (ambos de Martin Scorcese), mas geralmente trata-se de filmes vindos de um mercado pouco conhecido onde o diretor/roteirista irá apresentar a história para um público totalmente novo (se bem que Spike Lee pode ter pensado isso antes de estragar Oldboy). Casos emblemáticos de remakes mal sucedidos não são raros, vide Robocop em 2014 (qualidades à parte, foi desnecessário), O Vingador do Futuro em 2012 com Colin Farrell e Psicose em 1998. Em geral a regra é: se fez sucesso como um blockbuster americano, melhor não refilmar.

É nesse ponto que entra Jumanji. O filme de 1995 teve direção de Joe Johnston, o mesmo de Capitão América - O Primeiro Vingador e contou com uma bilheteria razoável, mas angariou muitos fãs e entusiastas pelo mundo. Baseado no livro homônimo de Chris Van Allsburg, o longa estrelado por Robin Williams trazia uma aventura bem resolvida onde um jogo de tabuleiro ganha vida. Diversão honesta, com dosagem adequada de humor e seriedade.

jumanji5

Um novo Jumanji vai chegar em 2017, e até então, o projeto era tratado como um (advinha?) remake. A expectativa de 99% das pessoas que se importam do assunto não deveria ser das melhores, mas pode ser que haja salvação. Recentemente Dwayne "The Rock" Johnson revelou que o novo Jumanji será um continuação. Legal não? Mesmo que a presença do supracitado astro junto com Jack Black e Kevin Hart (que já fizeram sim filmes legais, outros ruins e outros horríveis) não seja garantia de qualidade, ao menos Van Allsburg está como produtor executivo para tentar respeitar a obra de origem. Somado a isso, temos a possibilidade do novo longa se relacionar com o clássico de 1995 de alguma forma, quem sabe trazendo de volta os irmãos Shepherd vividos por Kirsten Dunst e Bradley Pierce? Uma homenagem ao falecido Robin Williams seria uma boa também.

The Rock é um cara influente, e mesmo que não tenha sido por sua causa, impedir que Jumanji seja um remake foi uma decisão esperta. O jeito é torcer para que a sequência mantenha aquele tom do primeiro filme, porque se tem outro departamento no qual grandes filmes fracassaram, é nas continuações.

Deixe um comentário