Opinanerd

Nos embalos do Esquadrão Suicida

Charles Luis Castro

29 jun, 2016

Em algum momento você já deve ter visto alguém comparando Esquadrão Suicida com Guardiões da Galáxia. Guardadas as devidas proporções, não chega a ser uma loucura traçar esse paralelo. Personagens pouco conhecidos do grande público (claro, tirando Coringa e Batman), uma sensação de ser uma aposta arriscada e por aí vai. Mas em meio a todos esses possíveis pontos em comum, um em especial gerava uma certa expectativa: a trilha sonora. A fita de clássicos do Senhor das Estrelas acabou tornando-se uma espécie de personagem no filme, estendendo seu sucesso além das telonas.

Com I Started a Joke e Bohemian Rapsody embalando os principais trailers do filme, era impossível não imaginar que a trilha sonora de Esquadrão Suicida também seguiria a fórmula de apostar nos grandes clássicos. Mas se, aparentemente, o novo longa da Warner/DC Comics foge do padrão de adaptações que estamos acostumados, não chega a ser uma grande surpresa que Suicide Squad: The Album siga por essa linha de pensamento. Deixando o passado de lado, o que podemos ver é um conjunto audacioso de composições, com os pés mais no presente.

O primeiro single lançado foi Heathens, composta pela dupla do twenty one pilots. Os amigos de Ohio foram ganhando espaço no cenário musical, principalmente depois do contrato assinado com a gravadora Fueled by Ramen. Eles marcaram presença na última edição do Lollapalooza em São Paulo, mostrando que sua mistura de estilos já arrebatou alguns fãs por aqui.

Claro que muitos entusiastas ficaram desapontados com as canções escolhidas para o filme. Mas se isso serve de consolo, as músicas clássicas usadas nos trailers estarão presentes. Bom, pelo menos em nome. A versão de I Started a Joke será a mesma utilizada no primeiro trailer lançado. Modificada pelo pessoal do Confidential MX - que já tem uma certa experiência em criar e adaptar músicas para trailers - e com Becky Hanson nos vocais. Já Bohemian Rapsody não será embalada pelo Queen. A versão escolhida foi o cover feito pelos caras do Panic! At the Disco, durante a The Gospel Tour, em 2014. Caso queira conhecer, basta clicar AQUI. Ah, ainda tem o Creedence Clearwater Revival com Fortunate Son, essa na versão original.

Esquadrão Suicida tem toda uma pegada urbana, mais suja e crua. Isso ficou claro durante as prévias e imagens divulgadas até hoje. Para casar com essa atmosfera, o rap e o hip hop marcam presença em grande parte das faixas. A famosa Without Me do Eminem, daquele clipe com a presença do Dr.Dre que tocou em tudo quanto foi canto no início dos anos 2000, está na lista. Trazendo mais para os dias de hoje, temos o super badalado Skrillex numa parceria com o rapper Rick Ross e ainda nomes como Action Bronson e G-Eazy. Mas a super vitamina de parcerias está presente no segundo single do álbum. Sucher for Pain, que conta com a presença do Imagine Dragons e do rock alternativo do X Ambassadors ao lado de Lil Wayne, Wiz Khalifa, Logic e Ty Dolla $ign. O resultado final causa uma certa estranheza no começo. E talvez seja essa a intenção.

Confira a lista completa das músicas do disco:

Purple Lamborghini – Skrillex & Rick Ross
Sucker For Pain – Lil Wayne, Wiz Khalifa, & Imagine Dragons (com Logic, Ty Dolla $ign, & X Ambassadors)
Heathens – Twenty One Pilots
Standing in the Rain – Action Bronson & Dan Auerbach (com Mark Ronson)
Gangsta – Kehlani
Know Better – Kevin Gates
You Don’t Own Me – Grace (com G-Eazy)
Without Me – Eminem
Wreak Havoc – Skylar Grey
Medieval Warfare – Grimes
Bohemian Rhapsody – Panic! At the Disco
Slippin’ Into Darkness – War
Fortunate Son – Creedence Clearwater Revival
I Started a Joke – ConfidentialMX (feat. Becky Hanson)

Suicide Squad: The Album tem lançamento marcado para 5 de agosto. Já Esquadrão Suicida chega aos cinemas nacionais um dia antes. Ainda não é possível afirmar quantas faixas serão divulgadas até lá, mas você terá tempo suficiente para se acostumar com as já lançadas.

Deixe um comentário