Jared Leto
Márcio Bastos

24 out, 2020

Opinanerd

Jared Leto Redemption? O que pode significar o Coringa no Snyder Cut

Que Esquadrão Suicida foi uma das piores coisas já feitas pela DC nos cinemas, isso ninguém duvida. As expectativas em torno do filme de David Ayer eram altíssimas e a entrega foi algo, digamos, pavoroso. A desgraceira foi tão grande que sobrou até para o ótimo – e, diga-se de passagem, vencedor do Oscar – Jared Leto, condenado pela construção do seu Coringa “gangsta” nas telas.

Quer você goste ou não, foi anunciado que o ator retornará ao papel em uma participação (pequena?) no Snyder Cut da Liga da Justiça, que chegará ao HBO Max em 2021. O que nos leva à pergunta: qual é a do Zack Snyder ao trazer de volta uma versão do personagem que foi tão detonada pela audiência?

Antes de mais nada, coerência. Com a ideia de expandir seu filme, o diretor já devia ter em mente a presença do arqui-inimigo do Homem-Morcego. E, por questões de coerência, Leto é o Coringa do Snyderverso. Isso mesmo! Ou esqueceram que o Batman de Ben Affleck aparece em Esquadrão Suicida?

Batman vs Superman

No universo de Snyder, o Batffleck carrega a dor de ter perdido seu pupilo Robin. Em uma rápida cena em Batman vs Superman, vemos na Batcaverna o uniforme do menino-prodígio todo pichado pelo Palhaço do Crime com a frase: “Ha-ha-ha! A piada é você, Batman". Não sabemos ao certo que Robin era esse, provavelmente Jason Todd, morto pelo Coringa na HQ Morte em Família (1988). A deixa de Snyder pode ser a ponte para o ingresso do vilão em seu vindouro corte. Teríamos aí um flashback mostrando o assassinato de Todd e o aprofundamento desse trauma na persona do Vigilante de Gotham? Não é impossível.

Outro fator que pode estar por trás da escalação de Leto no corte de Snyder é a possibilidade do ator ser aproveitado em outros projetos da Warner. Rumores recentes (via The Cultured Nerd) apontam que Affleck está em negociações para vestir novamente o manto do Morcego em novas produções do streaming da HBO e, se isso acontecer, seu Batman precisará de um Coringa. E nem se anime com a possibilidade de ser Joaquin Phoenix, pois sua versão do personagem não dialoga com universo mais fantasioso de Snyder. Sem falar que Phoenix certamente não estaria interessado.

Jared Leto

Temos então (nós não, o Snyder!) um baita desafio de tirar a má impressão que Jared Leto deixou em Esquadrão. É possível? Talvez. Se sua participação no novo corte da Liga da Justiça for de apenas uma cena, Snyder pode trabalhar esse momento de forma impactante, revendo alguns aspectos da construção do personagem por parte do ator e abrindo, com isso, possibilidades para sua “redenção” no universo DC.

Em tempos de multiversos, onde a Warner/DC sinaliza atacar em diversas frentes, trazendo múltiplas versões de alguns de seus renomados personagens, estamos diante de um inesperado plot twist da indústria. E Jared Leto, se souber aproveitar a nova oportunidade, pode ter a chance de pelo menos tornar seu Coringa uma piada menos indigesta na sua carreira.

Deixe um comentário