Sandman
Listas

Tudo o que você precisa saber antes de assistir Sandman na Netflix

A HQ, criada em 1989, é considerada a obra-prima de Neil Gaiman. Conheça alguns conceitos e personagens da série que irão ajudar a entender esse complexo mundo dos sonhos

Lucas Rocha

4 ago, 2022

Por trinta anos sendo chamada de “o quadrinho inadaptável”, com 75 edições e, em tese, uma história grandiosa demais, ambiciosa demais, extensa demais para ser fielmente adaptada às telas, The Sandman finalmente chegará ao mainstream pelas mãos da Netflix. A série estreia nesta sexta-feira, com todos os 10 episódios da primeira temporada de uma só vez e tem desenvolvimento do próprio Gaiman, junto com David S. Goyer (Batman - O Cavaleiro Das Trevas) e Allan Heinberg (Mulher-Maravilha). 

Cobrindo as primeiras 16 edições do quadrinho, começando com “Prelúdios e Noturnos” e terminando no final do arco da história “A Casa de Bonecas”, a série promete ser uma adaptação fiel ao centro da trama, com algumas alterações muito bem-vindas ao mundo em que vivemos hoje. 

Com uma mitologia própria e todo um universo com conceitos próprios, é difícil mergulhar de cabeça, entender todas as nuances da obra. Mas, calma! Aqui está tudo o que você deve saber para assistir The Sandman com tranquilidade. 

Quem é Sandman? (Tom Sturridge) 

Mais conhecido como Morpheus, governante do Sonhar, a sub-realidade compartilhada de todos os sonhos de todos os seres conscientes que já existiram ou existem, é um dos sete Perpétuos e o principal protagonista dos quadrinhos de Sandman. Ele tem muitos nomes: Sandman, Oneiros, Lorde Moldador, Kai’Ckul, Senhor do Sonho, variando por raças, espécies e culturas ao longo da existência do universo. Ele é a personificação física do próprio conceito de sonhar. 

Apesar de não ser humano, ele é um ser com defeitos muito humanos, que ama e perde, e se enfurece com essa perda toda vez. Nós o encontramos em um momento em que ele foi derrubado e deve mover montanhas para se erguer novamente. 

Quais os seus poderes?

Ele pode fazer qualquer coisa que esteja sob sua alçada, desde que seja relevante para a narrativa. Em seu próprio reino, ele tem total poder sobre como as coisas aparecem e como elas interagem. Pode fazer seres independentes e sencientes a partir do zero, mudá-los como quiser e destruí-los à vontade. Ele pode navegar pelos sonhos de qualquer pessoa e manipulá-los da forma que bem entender. Ele tem amplos poderes sobre a própria história – e, em uma história que é fundamentalmente sobre contar histórias, isso é muito poderoso.

Quem são os Perpétuos?

Sem entrar em muitos detalhes, os Perpétuos são Morte, Destino, Sonho, Desejo, Destruição, Delírio e Desespero. Eles são irmãos e personificações divinas de seus nomes, existindo desde o início dos tempos, sendo mais antigos que os próprios deuses. A existência desses seres está condicionada na expectativa e na crença que os seres humanos possuem deles, sendo assim, sua aparência pode mudar dependendo de quem o vê. 

Lúcifer (Gwendoline Christie)

Lucifer Morningstar é o Anjo Caído e o governante do Inferno, assim como nos contos bíblicos. O governante absoluto no reino do Submundo, Lúcifer é um ser andrógino e foi escrito para se parecer com um jovem David Bowie. Lúcifer governou o Inferno por mais de 10 bilhões de anos, período durante o qual uma rivalidade com Sandman começou. 

Sandman

Matthew, o Corvo

Matthew, o Corvo, é um personagem que Neil Gaiman reinventou da história da DC Comics. Ele era originalmente Matt Cable, um agente do governo que era um personagem dos quadrinhos do Monstro do Pântano. Neil Gaiman o ressuscitou como o companheiro Corvo do Sonho, onde ele simplesmente atende pelo nome de Matthew. As conexões com o mundo do Monstro do Pântano devem ser deixadas de lado, já que os direitos de adaptação não estão com a Netflix.

Lucienne (Vivienne Acheampong)

A bibliotecária-chefe do Sonhar, Lucienne mora no castelo de Sandman, onde residem os livros sobre a vida e as histórias de todos. Nos quadrinhos originais, Lucienne era um homem, mas, na série, será interpretado por uma mulher. Quando Sandman desapareceu por um século, Lucienne estava efetivamente no comando do Sonhar. Mas, quando ele retorna, Lucienne se torna a mão direita de Sandman novamente. 

Caim e Abel (Sanjeev Bhaskar e Asim Chaudhry)

Neil Gaiman reinventou Caim e Abel para The Sandman, como sonhos que são manifestações dos personagens bíblicos de mesmo nome. Eles são, essencialmente, a representação do primeiro assassino e da primeira vítima de assassinato. E no Sonhar, Caim está constantemente matando Abel, repetidamente, em um ciclo sem fim. Eles também têm um adorável animal de estimação Gárgula. Ambos serão o alívio cômico da série.

O Coríntio (Boyd Holbrook)

O ser conhecido como Coríntio é uma figura de apresentação masculina que, na verdade, é uma criação de pesadelo de Morfeu e seu principal antagonista. Ele escapou do Sonhar e se soltou no mundo, onde mata jovens por esporte. Não tendo olhos e, em vez disso, duas pequenas bocas onde estariam os olhos, o Coríntio sempre usa óculos escuros para esconder essas feições aterrorizantes. Ele inspirou um século inteiro de assassinos em série. Assassinos que se consideravam “colecionadores”.

Morte (Kirby Howell-Baptiste)

Morte é a irmã estranhamente alegre de Sandman, que é exatamente o que seu nome sugere – a personificação do fim da vida. Nos quadrinhos, ela é retratada como uma jovem, que sempre usa um colar de ankh no pescoço. Ela está lá no final da vida de todos, guiando-os para o que vem a seguir para eles além deste mundo. Ela é a amiga mais próxima de seu irmão dentre todos os Perpétuos. E ela é a única que pode falar com ele de forma completamente honesta.

Johanna Constantine (Jenna Coleman)

Muitos conhecem o investigador sobrenatural e especialista em ocultismo John Constantine, da DC Comics. Senão, do filme Constantine, com Keanu Reeves, ou então por seu papel em Legends of Tomorrow da DC. Mas, em The Sandman, Neil Gaiman apresentou sua ancestral, Johanna Constantine. Na série, veremos duas versões da personagem: uma será a versão tirada direto dos quadrinhos, que viveu no século XVIII e é antepassada de John Constantine, e a segunda será a atual Johanna Constantine, criada especialmente pela série para ocupar o papel de seu contraposto masculino. 

Rose Walker (Kyo Ra)

Nos quadrinhos originais, Rose Walker é uma jovem com um poder incrível. Desconhecido para qualquer um, exceto aqueles no Sonhar, Rose é um ser raro, que surge uma vez por milênio, conhecido como Dream Vortex . Em outras palavras, um humano que pode quebrar as barreiras entre os sonhos e a realidade. Mas, no Mundo Desperto (o mundo real dos humanos), ela é apenas uma irmã preocupada tentando encontrar e se reconectar com seu irmão desaparecido. Ela é uma personagem importante na coleção de histórias de Sandman e desempenha um papel muito importante na primeira temporada da série.

Em que ano se passa Sandman? 

A primeira edição de The Sandman começa após uma longa ausência de Morpheus do Sonhar, no ano de 1988. Ao contrário da maioria dos títulos da DC, mas semelhante aos títulos simultâneos da Vertigo na época, o tempo progrediu mais ou menos linearmente a partir daí, concluindo, como a série fez ,em 1995. Uma das grandes diferenças entre a HQ e a série Netflix é que a ausência dura um pouco mais, até o nosso ano atual de 2022.

O Elmo de Sandman

A maior parte do material promocional lançado para The Sandman mostra o personagem com o grande elmo nas mãos. Nos quadrinhos, existem três artefatos que são vitais para Sandman e as chaves para seus poderes. Esses artefatos são: 

O Elmo: tem a forma de uma máscara de gás. Este design foi escolhido nos quadrinhos para homenagear o super-herói da DC The Sandman, que costumava usar uma máscara de gás. Essa máscara é o escudo de Sandman e ele costuma usá-la para proteção. 

A Areia: isso é basicamente o que faz Sandman ser quem ele é. A Areia é um pequeno e discreto saco de areia dos sonhos que pode ser usado para colocar seres para dormir ou até mesmo para manipular os sonhos. É também uma droga muito potente. 

O Rubi: o Rubi é o núcleo de todo o poder do Sandman, pois nele contém, literalmente, a essência do seu poder, e é também o que o permite dar vida aos sonhos.

Quero ler a HQ. Por onde começo? 

As histórias fundamentais para conhecer todas as aventuras de Sandman seguem essa sequência: 

  • Prelúdios e Noturnos 
  • A Casa de Bonecas 
  • Terra dos Sonhos 
  • Estação das Brumas 
  • Espelhos Distantes 
  • Um Jogo de Você 
  • Convergência 
  • Vidas Breves 
  • Fim dos Mundos 
  • Entes Queridos 
  • Despertar 
  • Exílio 
  • A Tempestade 

Afinal, do que se trata a história de The Sandman?

O que The Sandman realmente se trata é a pergunta de um milhão de dólares. Uma que quase ninguém, não importa o quão recentemente ou completamente tenha lido a HQ, será capaz de responder. 

Por um lado, é fácil dizer precisamente sobre o que é a história, mas isso inevitavelmente arruinará tudo, pois a história só se encaixa no último segundo. E isso com certeza deverá demorar temporadas a fio na Netflix.

Por outro lado, The Sandman é impossível de explicar. Tantos fios necessários para que tudo se encaixe só existem para desviar a atenção e entregar em migalhas o real sentido da história. No entanto, sem eles, a história iria desmoronar. The Sandman é uma história que tem um começo confuso, mas que finalmente leva você ao fim, e todas as migalhas que deixa ao longo do caminho são o que dá vida à história.

Deixe um comentário