Um corvo branco voando para Winterfell
Listas

Os Melhores Momentos da Season Finale de Game of Thrones: um paralelo com a Religião dos Sete

Raphael (Ph) Carmo

27 jun, 2016

Chegou o final da temporada e, depois de um episódio 9 fantástico, a HBO nos entrega o melhor episódio da série na minha opinião. Eu me senti lendo as últimas páginas de Tormenta das Espadas, onde a cada parágrafo tinha uma reviravolta empolgante. Aqui aconteceu o mesmo em um episódio muito bem dirigido e com um ritmo fantástico. O diretor Miguel Sapochnik que dirigiu A Batalha dos Bastardos nos traz um season finale empolgante que vai deixar todos os fãs desesperados pela próxima temporada durante um ano.

Para terminar minha série de Reviews dos episódios, vou fazer algo diferente. O episódio teve tanta coisa boa que eu decidi fazer não um top 10, mas um top 7 momentos fazendo um paralelo com as faces do deus da Religião dos Sete. Cada personagem e cena aqui representa uma das faces e essa foi minha inspiração para fazer essa lista. Vamos começar!

O Pai: O Plano de Cersei

O pai representa o Julgamento, um homem duro que traz a justiça. Apesar de não possuir a melhor das intenções, Cersei elaborou um plano fantástico para se vingar de todos aqueles que ficaram contra ela durante a temporada de uma vez só. Ela mudou o foco do Julgamento, em vez de ser julgada ela que derrubou em cima de seus oponentes o martelo da sua "justiça". Não podemos falar dessa cena sem comentar a fantástica montagem e trilha sonora, no melhor estilo O Poderoso Chefão, a cena vai se construindo e a tensão vai aumentando até literalmente explodir. Só aqui tivemos quase uma dezena de personagens importantes mortos e como um Pai que falha com seus filhos, o plano de Cersei acabou trazendo a morte de Tommem em uma bela e triste cena. Uma das principais lutas de Cersei foi para ela ter o mesmo reconhecimento que os homens tem, e agora ela senta no Trono de Ferro comandando pelo medo e quebrando a tradição patriarcal, agora uma Mãe toma o lugar do Pai.

PS: Não podemos falar da Cersei sem mencionar o seu modelito gótico fantástico, deu uma grande imponência para a personagem.

PS²: Essa música usada na cena da explosão é fantástica! Ramin Djawadi ficando cada vez melhor!

A Velha: Sam na Cidadela

Os fãs do livro sempre ficaram curiosos para saber como a Cidadela seria representada na série, pois é uma cidade muito importante e cheia de mistérios. A espera valeu a pena, a imagem de Sam na Cidadela é maravilhosa e sua arquitetura parece ser tirada de um livro de RPG. Sam, como a Velha, representa o poder através da sabedoria e vai ser uma luz de conhecimento na batalha da Grande Noite que virá com os mortos. Enquanto todos estão lutando com espadas, adagas e venenos, Sam utiliza o conhecimento para vencer seus combates.

A Donzela: O Grande Jogo

Agora Daenerys tem que sempre quis, um exército para tomar Westeros novamente. Apesar de possuir a grande vantagem dos dragões e pelo menos 3 famílias de Westeros a apoiando (Tyrell, Martel e Greyjoy), ela ainda não está preparada para o Grande Jogo que Tyrion menciona, dessa forma ela ainda é uma inocente, uma das faces da Donzela. Outra face importante é a castidade, representada aqui pelo rompimento do relacionamento com Daario, ela precisa chegar em Westeros pura para poder fortalecer seu reinado com um casamento. A cena dela com Tyrion nas escadas é simples e poderosa, ela aqui entende suas fragilidades e fica no mesmo nível que o anão, sentada nas escadas. Ela entende tanto que não está totalmente preparada que faz de Tyrion sua "Mão da Rainha" em uma bela cena.

A Mãe: O Nascimento de Jon

Outra cena muito boa foi a confirmação de que Lyanna ( e consequentemente Raeghar) são os pais de Jon. Era uma teoria tão manjada que já tinha sido praticamente confirmada, mas a forma como a cena foi construída foi muito boa, ainda ficou aquele mistério no ar e não precisou ser contado muita coisa com palavras. A mãe representa a fertilidade e compaixão, aqui Ned e Lyanna fazem o papel da Mãe de Jon ao compactuar com esse segredo para salvar a vida do bebê.

O Guerreiro: O Rei do Norte

Jon foi coroado como Rei do Norte e até recebeu o apelido de O Lobo Branco após sua vitória histórica em Winterfell, como a face do Guerreiro, ele adquire suas vitórias através do combate, com a espada na mão. A construção da cena foi linda com a pequena Lyanna Mormont dando um discurso maravilhoso e calando a boca dos líderes das famílias do Norte. Em todo momento pudemos ver o sorrisinho no rosto de Sansa até mesmo no momento em que Jon recebe todo o crédito. Sansa representa o Guerreiro tanto quanto Jon mas ela entende que a sociedade patriarcal de Westeros privilegie Jon mas ela tem noção que o bastardo tem muito mais popularidade, aquele olhar de preocupação que ela tem é com Mindinho, que é uma ponta solta nessa vitória e pode ser um grande inimigo na próxima temporada. Impossível não se emocionar e lembrar de Robb Stark durante sua "coroação", a cena teve direito até a "The North Remembers".

 O Ferreiro: O Exército de Daenerys

O Ferreiro representa a força bruta e os trabalhos. Ele é presentando aqui na épica cena mostrando o exército de Daenerys atravessando o mar para ir finalmente para Westeros. É uma cena que todos esperam desde a primeira temporada e algo que muitos sequer acreditavam que ia finalmente acontecer, agora o resultado de todo sofrimento que a Mão dos Dragões teve foi recompensando com uma armada tão grande que parece não ter um adversário à altura. Ver as velas enormes com o símbolo Targaryen e os dragões voando foi lindo demais e acredito que vai ser uma visão aterrorizante quando chegar nas praias de Westeros.

 O Estranho: Arya e Walder Frey

Uma das grandes surpresas do episódio foi a repentina surpresa de Arya já em Westeros e nos dando uma das vinganças mais gostosas (desculpem o trocadilho) que a série já entregou. Como o Estranho, Arya sempre representou e caminhou pela morte e o desconhecido, agora ela voltou a ser quem era com um sentimento insaciável de vingança somado a uma grande habilidade para ser assassina. Ponto positivo para a série que colocou o acontecimento da torta Frey aqui com a Arya, pois ela ocorre com outros personagens e em outro local nos livros. Arya agora vai fazer o papel da aguardada Lady Stone Heart, trazendo a vingança sem piedade para os inimigos dos Stark, não vejo a hora de saber o que mais ela vai aprontar.

Essa foi minha lista, com certeza ficaram cenas lindas de fora e alguém pode não concordar com minha análise usando os deuses da religião dos Sete. Então comenta aí!

Deixe um comentário