Listas

Daniel Day-Lewis completa 60 anos! Relembre seus personagens

Edipo Pereira

30 abr, 2017

Daniel Day-Lewis não é um cara de muitos papéis, mas é elogiável a dedicação e imersão do ator em seus personagens

Hoje quem assopra as velinhas é Daniel Day-Lewis, que completa 60 anos nesse dia 29 de abril de 2017 (buscar celebrar datas fechadas de aniversário aqui, como nos 80 anos de Jack Nicholson). Dono de papéis memoráveis, Lewis possui nacionalidade britânica e irlandesa, dois filhos, e dono de três estatuetas do Oscar como Melhor Ator.

Afim de prestarmos nossa humilde homenagem, separamos os papéis mais marcantes da carreira do ator, muito marcado pelo preparo e imersão em seus personagens. Obs: Você pode conhecer o artista da capa do post aqui.

Lincoln

Mora aqui um dos Oscar que habitam a prateleira de Daniel Day-Lewis. Com direção de Steven Spielberg, Lincoln agradou a muitos enquanto outros não conseguiram acompanhar bem o ritmo do filme. A trama se concentra na condução do Norte à vitória na Guerra da Secessão, enquanto o presidente estadunidense trava uma batalha pra passar uma emenda à Constituição dos Estados Unidos que acabava com a escravidão no país.

Sangue Negro

Para viver Daniel Plainview, Daniel Day-Lewis se preparou por cerca de quatro anos, e o resultado é de tirar o fôlego nesse filme sensacional dirigido por Paul Thomas Anderson. Sangue Negro trata da ascensão de um dos barões do petróleo no início do século XX, nos EUA. A cena na pista de boliche com Eli (Paul Dano), um pastor fanático que dificulta sua vida ao longo do filme, é uma das coisas mais arrepiantes da história do cinema.

Gangues de Nova York

Dirigido por Martin Scorsese, Gangues de Nova York conta com um incrível elenco, dentre eles Leonardo DiCaprio e Cameron Diaz. Day-Lewis dá vida a William "The Butcher" Cutting, líder da gangue Dead Rabbits. Para esse papel, ele teve a consultoria de um autentico açougueiro, e o resultado você pode muito bem conferir no filme. Mas quem sentiu na pele foram as pessoas próximas ao ator, que se manteve no personagem mesmo com a paralisação de cerca de um ano das gravações.

O Último dos Moicanos

Apesar de não ser o drama no qual estamos habituados a ver Daniel Day-Lewis, O Último dos Moicanos é bastante representativo na carreira do ator. Depois de um bom tempo sumido, ele encarou o desafio de viver um índio nativo americano, e para isso malhou durante um ano, além de adotar alguns costumes dos índios moicanos, como enrolar seu próprio cigarro.

Meu Pé Esquerdo

Primeiro Oscar do ator, Meu Pé Esquerdo trouxe Lewis no papel de Christy Brown, o filho de uma humilde família irlandesa, que nasce com uma paralisia cerebral que lhe tira todos os movimentos do corpo, com a exceção do pé esquerdo. Emocionante e redentor, com destaque também para Hugh O'Connor, que dá vida à versão jovem do protagonista.

Deixe um comentário