bienal-virtual-do-livro-sp
Hqs e Livros

Bienal Virtual do Livro de SP vai até o dia 13

Mais de 200 horas de programação no maior evento literário da América Latina

Roberta Filizola

11 dez, 2020

Até o dia 13 de dezembro vai estar rolando a Bienal Virtual do Livro de São Paulo, o maior evento literário da América Latina. O evento é livre e nem precisa fazer inscrição. Para acessar as mais de 200 horas de programação, clique aqui.

No site, você pode conferir as estantes de Livrarias, Editoras e as travessas literárias com livros a preço de bienal. Além disso, você também pode assistir a palestras com escritores, bate-papos sobre mercado editorial, além da conexão Turma da Mônica, repleta Cine Gibis, web quadrinhos e contação de histórias.

O que já rolou?

O centenário de Agatha Christie, por causa dos 100 anos da publicação de O misterioso caso de Styles,  primeiro livro da Rainha do Crime. Então teve conversa entre Raphael Montes (Uma mulher no escuro), Bel Rodrigues (13 segundos) e Tito Prates (Museu do crime) sobre a influência que ela exerce na literatura policial até hoje e o fascínio do público por essas histórias.

Duques, canalhas, escândalos e tudo o mais em Romances de época, que reuniu Paola Aleksandra (De volta para mim) e as escritoras norte-americanas Sarah MacLean(O clube dos canalhas) e Scarlett Peckham (O duque que eu conquistei) sobre suas obras e o sucesso desse gênero. O Painel contou com tradução simultânea inglês-português.

A palestra sobre Diversão e inclusão - a importância dos personagens PcDs nas histórias infantis, com Mauricio de Sousa (nem precisa apresentar, né?), Antoine Daher Fábio Ivankovich como moderador.

Todas essas conversas foram gravadas e ainda estão disponíveis no site da bienal.

O que ainda vai rolar?

Às 17h, vai ser a palestra Escrevendo para jovens em diferentes mídias,  com Três profissionais de destaque conversam sobre as particularidades de escrever para as gerações mais novas: o diretor e roteirista Cao Hamburger (Castelo Rá-Tim-Bum – O Filme), a escritora Iris Figueiredo (Bastidores da minha vida virtual ) e o quadrinista Rafael Calça (Jeremias - Pele).

E a partir das 19h, a palestra Coisa de menina? Uma conversa sobre gênero, sexualidade, maternidade e feminismo, com Contardo Calligaris e Maria Homem como palestrante.

Fique ligado no Instagram da Bienal do Livro (@bienaldolivrosp) para saber mais!

Deixe um comentário