Guerras Secretas: O Velho Logan | Review

584

Bendis e Sorrentino nos leva para passear pelo Mundo Bélico de Guerras Secretas com O Velho Logan

Das dezenas de tie-in do megaevento Guerras Secretas, muitos deles se tratam de uma releitura de grandes sagas da história da Marvel Comics, como é o caso de Desafio Infinito, Guerra Civil, Planeta Hulk e Futuro Imperfeito. No caso de O Velho Logan, as coisas são um pouco mais interessantes.

O roteiro de Brian Michael Bendis acerta ao estabelecer locais como Sacramento e Hammer Falls no Mundo Bélico, criando a partir daí um cenário de continuação para O Velho Logan original escrito por Mark Millar e desenhado por Steve McNiven. Nesse arco clássico, Wolverine vive num futuro alternativo com sua família numa pacífica rotina de fazendeiro, onde há 50 anos não se envolve em nenhuma espécie de combate. A maioria dos heróis foram eliminados e os que restaram vivem escondidos, pois os EUA é dominado pelos vilões como Caveira Vermelha, Rei do Crime e Doutor Destino.

Pois aqui, de volta às Guerras Secretas, Logan reassumiu sua faceta heroica buscando punir os malfeitores de seu domínio depois de derrotar toda a gangue de Hulks. Ao voltar de mais uma missão, ele se depara com uma cabeça de Ultron no meio do deserto e é a partir daí o desencadeamento dos principais pontos da história. Os desenhos de Andrea Sorrentino diferem positivamente de McNiven com menos detalhes de expressão, mas em compensação os traços estão muito mais ousados ao passar as diversas situações vividas pelo Carcaju. Tudo isso com o excelente trabalho do colorista brasileiro Marcelo Maiolo, que usa pequenas doses de cores intensas.

Outra característica marcante em O Velho Logan é o road trip pelo Mundo Bélico de Guerras Secretas promovido por Bendis. Dessa forma temos Wolverine visitando os domínios dos barões Apocalipse e Stark, chegando ao fundo do poço nas Terras Mortas.

O desfecho deixa uma clara chamada para a nova revista mensal do personagem que contará com textos de Jeff Lemire (Sorrentino continuará com os desenhos), e de fato bate imensa curiosidade para acompanhar essa nova jornada após Guerras Secretas. A única desvantagem ao ler esse tie-in é não ter conhecido a história da saga original, publicada em meados de 2008, devido a toda carga dramática que o personagem carrega desde a primeira página de sua nova aventura. Então fica o aviso.

A Panini publicou a história completa do Carcaju em Guerras Secretas na revista O Velho Logan (revista mensal, formato americano, 52 páginas, papel LWC, R$ 7,90, distribuição nacional).