Edipo Pereira

16 dez, 2016

Hqs e Livros

Corredores Fantasmas é história manjada (e pouco cativante) de Guerras Secretas

O Motoqueiro Fantasma atual nas HQs da Marvel Comics, Robbie Reyes, está longe de ser uma unanimidade entre os leitores da editora. A vantagem do megaevento Guerras Secretas, no entanto, é a liberdade para os autores criarem sem as amarras da continuidade de cada revista, uma vez que, passado o evento, o universo Marvel se tornará um só.

A trama gira em torno de Robbie, maior Corredor Fantasma do Circo da Morte, a arena de batalhas e apostas gerida por Arcade. Na condição de vencedor, Reyes usufrui das regalias e do prestígio de seu irmão Gabe, ignorando os rumores a respeito do que acontece com os Corredores Fantasmas que não vencem. Mas todo campeão tem seu dia de queda.

Infelizmente não é em Corredores Fantasmas que nossa simpatia por Robbie irá aumentar. O roteiro de Felipe Smith trabalha muito mal o protagonista, oferecendo pouca ou nenhuma profundidade a quem deveria ser o maior atrativo desse tie-in de Guerras Secretas. As principais ações na história geralmente partem de Eli Morrow e não de Reyes propriamente, e quando o personagem resolve tomar as rédeas da situação tudo ocorre fácil demais.

Levando em conta o tempo dedicado à ação (bem divertida nos desenhos de Juan Gedeon) os outros elementos não garantem melhor qualidade até o final, e ter a presença de outras figuras como Johnny Blaze e Danny Ketch de forma genérica não contribui em nada do ponto de vista narrativo. Mas se o que você busca são referências, aproveite: em Corredores Fantasmas dão as caras outros portadores do Espírito da Vingança além dos já citados, como Alejandra Blaze, Carter Slade (esses com maior participação na trama), Zero (versão 2099), e desbancando pra galhofa total com versões símio e T-Rex montada num caça aéreo.

No Brasil, Corredores Fantasmas foi publicado pela Panini na revista Guerras Secretas: Mestre do Kung Fu - Ed. 1 (Master of Kung Fu 1-4, Ghost Racers 1-4, revista especial, formato americano, 172 páginas, papel LWC, R$ 20,90, distribuição nacional).

Deixe um comentário