Hqs e Livros

Exposição "Fantástico Brasileiro" leva história da fantasia nacional às universidades

Edipo Pereira

8 jun, 2017

Exposição, que traz a história do fantástico em nossa literatura, esteve em Porto Alegre e irá passar também por Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro

Resultado de longa pesquisa dos pesquisadores Bruno Anselmi Matangrano (USP) e Enéias Tavares (UFSM), a exposição "Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade" traz, em 23 painéis historiográficos, uma viagem pela história do fantástico em nossa literatura, de modo a apresentar autores e obras que trabalharam com os diversos modos narrativos do "insólito", termo acadêmico que procura abranger os diversos tipos de narrativas voltadas a tudo aquilo que escapa da dita "realidade".Esse recorte permite reler as obras de autores canônicos como Machado de Assis, Aluísio de Azevedo, Érico Veríssimo e Guimarães Rosa, entre outros, como precursores da fantasia, do horror e da ficção científica contemporâneas, bem como (re)descobrir grandes autores hoje pouco comentados, como Emília Freitas, Nestor Victor e Humberto de Campos.
 
A exposição compreende mais de 90 autores de todo o Brasil, sem contar autores que por uma questão de espaço foram apenas citados, desde o século XIX até os dias de hoje, passando por mais de 200 obras, divididas em três grandes grupos: obras e autores do século XIX e início do XX; aqueles que publicaram no século XX propriamente dito; e, por fim, os autores ultracontemporâneos do século XXI. Neste percurso, buscamos mostrar como as diferentes modalidades do fantástico se diversificaram e se transformaram ao longo do tempo e em relação aos movimentos literários de cada época.
 
Além da série de 23 painéis, encerrada com uma homenagem ao escritor Max Mallmann (1968-2016), há dois outros painéis especiais. O primeiro, dedica-se ao mapeamento das editoras nacionais que trabalharam ou trabalham com o fantástico em nosso país, enquanto o segundo é ilustrado com um mapa do Brasil, visto a partir das concentrações de autores que se dedicaram ao insólito literário divididos por regiões.
 
A exposição inaugurada no hall da reitoria da UFRGS no dia 5 de maio, abrindo o evento "Fantástico Brasileiro: Produção Literária e Mercado Editoria", que reuniu nos dias 5 e 6 de maio pesquisadores, escritores, tradutores, editores e leitores, para debaterem o atual momento do mercado literário e o potencial artístico de obras fantásticas, encerrou no dia 30 de maio. Mas a boa notícia é que ela seguirá para outras cidades brasileiras no segundo semestre deste ano. Além disso, os dois pesquisadores planejam um catálogo e um livro resultante da sua pesquisa. Para acompanhar as novidades sobre este projeto incrível e singular sigam a página no Facebook: https://www.facebook.com/fantasticobrasileiro/.
Confira na galeria a seguir algumas imagens do evento:
Deixe um comentário