coraline-e-o-mundo-secreto
Hqs e Livros

Coraline | Qual é melhor: livro ou filme?

Becky C.

13 fev, 2021

Que Neil Gaiman é um dos melhores autores de fantasia do mundo, já sabemos. Mas, além dos universos já conhecidos e amados (saiba mais sobre o autor aqui), Gaiman também escreve livros para o público infantil, emplacando sucessos maravilhosos, como Cabelo doido ou Os lobos dentro das paredes. Porém, algumas pessoas podem não ter se atentado para um fato: ele também escreveu o livro que deu origem a uma das melhores animações de terror infantil, Coraline.

Quem é Coraline?

Coraline é a nossa protagonista, uma criança muito curiosa, que acabou de se mudar para uma velha mansão que foi transformada em diversos apartamentos e se sente imensamente entediada, pois não há crianças com quem brincar e seus pais estão sempre ocupados. A menina está sempre catando o que fazer, inclusive visitando todos os seus vizinhos esquisitos, como as senhoras Pink e Forcible, ex-atrizes excêntricas que estão sempre discutindo sobre o seu passado incrível de fama e glamour. É quando, em um dia de chuva, Coraline se depara com uma porta enorme de madeira em casa. A porta dá para uma parede de tijolos e é logo deixada para lá... Por pouco tempo, até ela simplesmente dar em um portal que dá para, insira aqui música de suspense, a casa de Coraline. Mas não a casa que ela conhece, é a outra casa, com outra mãe e outro pai, ambos com olhos de botão preto, que a acolhem de maneira magnífica, fazem um delicioso jantar e tentam convencê-la a ficar. A menina não quer e volta. É quando descobre que a outra mãe na verdade sequestrou seus reais pais e, agora, ela vai ter que voltar para aquele lugar esquisito e salvar os dois usando toda a coragem que tem!

UÉ, mas no filme não é bem assim!

De fato, jovem padawan, não é. No filme, eles incluíram o jovem Wybie, um garoto estranho e medroso que Coraline, a princípio, rejeita, mas depois se tornam bons amigos. Além disso, ela não vai apenas uma vez para a outra casa, ela vai várias vezes. Inseriram também  cenas musicais e cenários lindíssimos, que foram feitos com muito capricho em stop motion. No longa, a menina fica encantada com a outra casa, divertindo-se até mesmo com os ratos do Sr. Bobinsky (no livro, chamado apenas de sr. Bobo) - algo que não acontece na história escrita. Tirando esses detalhes inclusos, que não tiram nada da história e sim acrescentam mais momentos para nos deliciarmos, o filme não perde muito para o livro, exceto no quesito terror. Apesar das pessoas dizerem que a versão cinematográfica é aterrorizante, eles cortaram algumas das partes mais tensas e mudaram na hora de adaptar para as telonas. Então, se você tem medo do filme, imagina lendo o livro!

Neil Gaiman, com sua escrita encantadora, consegue nos envolver na narrativa de Coraline para termos medo junto com ela, mas, ao mesmo tempo, termos toda a coragem do mundo para enfrentar esses percalços. Henry Selick, o diretor, consegue capturar muito dessa essência e faz com que a adaptação cinematográfica seja, de certa forma, única e, ao mesmo tempo, fiel ao que Gaiman propôs na história original.

Então... Não tem um Coraline melhor?

Não! Na verdade, ambos são incríveis. Em uma versão atualizada do livro, temos ilustrações do incrível Chris Riddell - que também ilustrou A Bela e a Adormecida, também de Gaiman, que foi o livro que Damares confundiu com o filme da Disney da Bela Adormecida. Se você não é muito de ler, não estará perdendo algo ao assistir apenas o filme, mas se conseguir dar uma chance ao livro, não vai se arrepender. Por ser escrito para um público infantil, ele é curto e com uma leitura muito gostosa. É, sem tirar nem pôr, uma das minhas histórias favoritas.

A história, em ambos, traz uma vilã que é aterrorizante, e evoca um medo muito primitivo em nós por ela poder fantasiar-se e recriar qualquer pessoas que amamos, utilizando-as para nos manipular. E tem ali um quê de inspiração na bruxa de João e Maria, que os tenta com doces. Aqui, Coraline é tentada com comida, brinquedos e toda a atenção que ela buscava nos pais ocupados. Irresistível, não é mesmo? Somente uma menina muito esperta escaparia dessa!

E você? Qual dos dois gosta mais? Comenta conosco!

coraline

Deixe um comentário