Conan, o Bárbaro chega ao Brasil pela Panini Comics

0
149

Em publicações bimestrais, intercalando com outro lançamento da maior criação do texano Robert E. Howard, Conan, o Bárbaro volta para a Casa das Ideias em uma nova trama, mas mantendo o espírito nostálgico do personagem.

Conan da Cimeria, dono de “gigantesca melancolia e jovialidade”, também é conhecido como O Cimerio de Bronze, O Bárbaro, O Guerreiro, O Ladrão, O Pirata O Rei!

Muitas facetas carrega o personagem criado por Howard para a revista Weird Tales, em forma de narrativas literárias, o autor é considerado o pai do gênero espada e feitiçaria, tendo influenciado autores pelo mundo todo.

Seu personagem, Conan, ficou bastante conhecido pela a adaptação cinematográfica protagonizada pelo famoso ator Arnold Schwarzenegger. Mas sua versão no universo dos quadrinhos vem muito antes. Inclusive, antes da Marvel Comics.

A primeira adaptação de Conan para o universo dos quadrinhos aconteceu na década de 1950, em uma revista mexicana que adaptava A Rainha da Costa Negra, escrito por Howard em 1934 para a já citada Weird Tales. Nesta versão, Conan se apresentava como um guerreiro loiro, completamente diferente da versão que conhecemos do personagem. Confira a capa abaixo:

Mas apenas na década de 1970, o redator chefe da Marvel, Roy Thomas, começa a publicar ao lado de grandes nomes, como Barry Windsor Smith, John Buscema e Alfredo Alcala, as capas fantásticas de Earl Norem, popularizando o bárbaro da Cimeria.

Nos anos 2000, a editora Dark Horse comprou os direitos do personagem, começando uma nova fase por Kurt Busiek (Marvels) nos roteiros e a arte absurda de Cary Nord (Demolidor, X-men e X-O Manowar). Vale ressaltar que, Conan sempre teve muitos artistas incríveis narrando suas historias, tanto no visual quanto no roteiro, e essa fase durou bastante tempo e trouxe algumas readaptações de historias clássicas e agregou com novos contos.

Eis que 2018, a Marvel readquire os direitos do personagem, e vem fazendo bastante barulho junto aos fãs, além de colocar uma versão dele no universo dos Vingadores, a editora acaba de anunciar o retorno do selo 2099, que traz uma nova versão do personagem.

A primeira edição publicada no Brasil

A Panini Comics acaba de publicar o primeiro volume de Conan, o Bárbaro, em uma edição que segue os moldes de suas nova forma de publicação para as mensais: capa cartão, papel de alta qualidade, tamanho de 17 x 26cm e 26 páginas. Um primor para os colecionadores.

E quando você abre a edição, ela já te remete a todo o universo estabelecido pela Marvel, mostrando momentos importantes da jornada do personagem, com as artes da época de sua publicação. É um gostinho para aquecer os fãs, que já nos traz certa temeridade assim que começamos a ler, pois a historia, apesar de mostrar o passado e o futuro de Conan, intercalando muito bem na narrativa, nos diz que é uma narrativa de fim de jornada, e Conan irá morrer: A vida e a morte de Conan!

Nesta primeira historia, somos apresentados a personagem do título do conto, O Horror da Feiticeira Rubra, uma mulher enigmática, que traz elementos que liga a narrativa em prosa, quadrinhos e filmes… trazendo algo novo, curioso… velho e jovem.

Um dos pontos de destaque para essa edição é a arte belíssima da capa feita pelo artista Esad Ribic (Thor, Loki). O roteiro está a cargo de Jason Aaron (Thor e Vingadores), que já mostrou em suas redes sociais que é um grande fã do personagem criado por Howard, com os desenhos do artista paquistanês/austríaco, Mahmud Asrar (X-men Red), que encaixa na narrativa de Aaron e no universo criado para os quadrinhos do Cimerio.

Conan sempre exige grande artistas.

É apenas o inicio da jornada, um caminho na vida do personagem que será publicado aqui em terras brasileiras de forma bimestral, mas calma, não ficaremos 2 meses sem Conan, essa edição será intercalada com A Espada Selvagem de Conan , que conta com o roteiro de Gary Duggan (Infinity Wars) e arte de Ron Garney (Demolidor e Capitão America).

Que o Crom abençoe essa jornada, mas se ele não nos ouvir… PARA O INFERNO COM ELE!

E não esqueçam, você pode adquirir o seu volume de Conan, o Barbáro com a Reboot Comics.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.