Games

Conselheira do Flamengo critica time de LOL do clube

Raphael (Ph) Carmo

27 fev, 2019

Reclamação acontece à luz da falta de um time de futebol feminino profissional no Clube de Regatas Flamengo

Marion Kaplan, conselheira do time Flamengo, usou o twitter para atacar o time de League of Legends do clube, atestando que o time estaria incentivando "o pior tipo de nerd" e que esse tipo de competição não é esporte. Confira alguns tweets que foram postados antes da desativação da conta dela do Twitter.

Conselheira do Flamengo critica time de LOL do clube

A conselheira informou ao SporTV que as motivações para seus comentários foi quer o time ignora o futebol feminino mas agora está incentivando esse tipo de jogo.

"Estou de saco cheio. Fui visitar o futebol feminino fiquei envergonhada. O Flamengo não faz nada por elas, sequer dá assistência médica. Agora eu fiquei com “raiva” [com a repercussão]. Não é esporte, vai contra o estatuto. Não me arrependo de ter falado desta forma. Eu sei que muitos são autistas, minha família é de psicanalistas. Acharam que era preconceito, mas é verdade."

O Flamengo informou que sua modalidade de E-sports é autossustentável e possui um fundo próprio. O projeto teve início em 2017. Outros clubes possuem seu time na modalidade, como o Santos F.C.

Atualmente, o Flamengo está liderando o CBLol, campeonato brasileiro de League of Legends com 13 pontos.

Deixe um comentário