Games

Conheça os videogames mais vendidos com cupons de desconto no e-commerce

Edipo Pereira

24 jul, 2017

Realizado pelo Cuponomia, levantamento aponta que busca por códigos promocionais para games e consoles cresceu 150%, no primeiros semestre

Encontrar consoles com preços acessíveis nas lojas é um dos maiores desafios para os fãs de games. Não à toa, o Brasil é conhecido por comercializar os consoles com os maiores preços do mundo, como, por exemplo, o PS4 slim, lançado pela Sony no final do ano passado por, aproximadamente, R$ 2.400,00. Vale lembrar também da primeira versão do PS4, que chegou ao Brasil por R$ 4.000,00.

Com o alto preço dos produtos, uma das alternativas utilizadas pelos consumidores que procuram opções mais baratas para comprar os novos aparelhos, são os cupons de desconto oferecidos pelas lojas virtuais. É o que aponta levantamento realizado pelo Cuponomia, portal que reúne ofertas e cupons de desconto para compras no e-commerce. O site registou um aumento de 150% no número de códigos promocionais resgatados por usuários para compra de games e consoles nas lojas online, no primeiro semestre de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a pesquisa, os consoles de videogames mais vendidos no e-commerce, com cupons de desconto, foram: Xbox One (50%), Playstation 4 (27%), Xbox 360 (16%) e Nitendo Wii (4%).

Confira o ranking:

A pesquisa é baseada no total de vendas realizadas por meio do Cuponomia em lojas parceiras do e-commerce como Submarino, Americanas.com, Shoptime e Soubarato, no período de 1º de janeiro de 2015 a 10 de julho de 2017.

Sobre o Cuponomia

Fundado em 2012, por Antônio Jorge Miranda e Vinicius Dornela, o Cuponomia introduziu o modelo de cupom no Brasil. Atualmente o site reúne os principais players de comércio eletrônico do país e conta com mais de 20 mil cupons em mais de 2 mil lojas parceiras. Em 2015, o Cuponomia expandiu operações para a América Latina, passando a atuar também no México, Chile e Colômbia. Em 2016 a empresa foi responsável por mais de R$ 500 milhões em venda para o varejo online.

Deixe um comentário