Among US cresce 5.900% nas buscas entre agosto e setembro no Brasil

35
among-us-jogo-detetive

Brasileiros estão apaixonados por Among Us, jogo que este ano virou febre em todas as redes e saltou para primeiras posições entre os downloads de games

Among Us, um jogo no estilo “detetive” no qual o jogador executa missões enquanto tenta descobrir quem é o assassino, virou febre nos últimos meses ao redor do mundo. Os brasileiros entraram com tudo na onda do game – dos mais de 100 milhões de downloads, o Brasil já é responsável por mais de 17 milhões. O infográfico produzido pela Decode, empresa de data analytics e marketing de performance, traz os dados do atual fenômeno pop da indústria dos games.

A procura por Among Us aumentou em 5.900% entre os meses de agosto e setembro, quando o jogo ficou realmente famoso, ainda que tenha sido lançado há dois anos. No YouTube, existem 5.934 vídeos sobre o jogo, apenas no Brasil – publicados entre janeiro e outubro deste ano.

Top downloads – No início de setembro, Among Us ocupava a 12ª posição dos jogos mais baixados na App Store Brasil, mas em apenas 10 dias o jogo subiu 11 posições e conquistou o 1º lugar de jogos mais baixados. Na Play Store, o jogo ocupa a 2a posição no ranking, sendo que atualmente tem 1,2 milhões de usuários ativos, número que aumentou em 1.363% em relação a agosto.

Para Lucas Fontelles, Head de Consumer Insights da Decode, o sucesso de Among Us mostra como os jogos se impuseram no debate público. “Há anos a indústria de games gera mais receita do que Hollywood e, comparativamente, ocupava um espaço muito menor na mídia e nas redes. Hoje já não é o jogo que se torna popular porque o influenciador fala dele, ao contrário, Felipe Neto e Neymar jogam porque o jogo se popularizou”, analisa.

A Decode, empresa de Data Analytics e Performance Marketing, elabora soluções de negócios com foco data-driven e maximização de receita. Por meio de sua área Consumer Insights, Pulse, desenvolve produtos e serviços para compreender fenômenos sociais e o comportamento do consumidor.