esports-game-proplayer
Games

Indústria de eSports surfa onda de apostas em mercado de 150 bilhões de dólares

Consultorias estimam que cerca de 2,7 bilhões de pessoas no mundo estejam jogando videogame ou no PC

Edipo Pereira

24 nov, 2021

Com um mercado mundial que movimenta cerca de 150 bilhões de dólares por ano, as apostas esportivas estão na vida de muita gente. No Brasil, onde a regulamentação ainda é frágil, o mercado movimenta aproximadamente R$ 12 bilhões a partir das apostas em 400 plataformas que estão no país atualmente. Mas em locais como EUA e Inglaterra, onde esse mercado está estabelecido, o cenário é outro. 

É de olho nesse bom momento mundial que os eSports estão expandindo sua influência em sites de apostas esportivas, que por sua vez estão reunindo cada vez mais competições e jogos desse segmento. Além disso, essas plataformas estão investindo em novas formas de pagamento, como o astropay bet365, e também em tecnologia de segurança para evitar fraudes e hackers. 

Essa expansão não é passageira, segundo artigo publicado no conceituado ​​My Poker Coaching, site especializado no mercado de apostas na internet. O texto afirma que uma geração abaixo dos 35 anos, com poder financeiro, mas também vinculada aos eSports, estão cada vez mais inseridos no mercado de apostas online.

Essa também foi uma geração, ressalta o artigo, que ficou impedida de circular durante a pandemia e as medidas restritivas para garantir que o vírus causador da Covid-19 não pudesse circular com tanta facilidade. Diante da internet e com mais tempo em casa, essa parcela da população aumentou a presença entre os games e também conheceu novas formas de entretenimento, como as apostas online. 

"O entusiasmo e a singularidade do gênero atraem um número crescente de apostadores, especialmente entre a geração de jovens nascidos a partir dos anos 1990. Apostar em eventos de eSports e jogos específicos traz uma dinâmica inteiramente nova que nunca vimos nas apostas tradicionais. Hoje, as apostas em eSports parecem fazer parte de uma grande indústria que veio para ficar", destaca o texto.

O artigo também mostra que esse é um cenário não consolidado e que parece ter alcançado êxito de forma repentina. Destaca ainda uma forma diferente de apostar nos eSports, que mudou a forma de se relacionar com o mercado. "No início dos anos 2000, os eSports começaram a atrair mais atenção. vez, a única forma de aposta disponível era apostar em skins. Essa forma de aposta foi a opção predominante por quase uma década e meia. Por volta de 2014 e 2015, alguns sites de apostas online começaram a oferecer mercados de apostas em eSports para seus clientes. Naquela época, apenas os videogames mais populares estavam disponíveis".

Mas houve uma mudança, destaca o artigo. "No final de 2017, as apostas em skins foram quase completamente banidas para evitar que jogadores menores de idade apostassem com dinheiro real. Naquela época, o mercado de apostas em eSports experimentou outro salto massivo em popularidade. Este foi um passo significativo para o nicho de apostas em eSports. Foi o ponto de virada em que a indústria conseguiu regulamentar algumas leis e entrar de vez na vida da população", destaca o texto. 

Esse salto qualitativo e quantitativo de propostas em torno de competições de eSports, em jogos como Counter Strike, Dota e Fifa fez com que o mercado ficasse cada vez mais aquecido. Atualmente, diversas plataformas de apostas oferecem a chance de apostar nesse tipo de modalidade, com os principais torneios do mundo.

"Existem promoções, eventos especiais e bônus exclusivamente para quem segue e aposta em competições de eSports. Ainda mais impressionante, o número estimado de jogadores em todo o mundo chega a 2,7 bilhões. Com tantos fãs, a ascensão dos eSports parece uma certeza que vai dominar toda a indústria de apostas", finaliza o artigo. 

Deixe um comentário