Raphael (Ph) Carmo

7 abr, 2021

Games

Uma experiência relaxante e cômica pra fugir da pandemia do mundo real

Parece uma loucura indicar um jogo sobre gerenciar um hospital enquanto no mundo real está acontecendo uma pandemia. Mas, quando uma experiência pode ser engajadora, relaxante e divertida como Two Point Hospital: Jumbo Edition, não há problema nisso. A Two Point Studios e a Red Kite Games Limited trazem, em 2021, a versão completa do jogo, com todas as expansões e agora com suporte para consoles. Mas será que ficou legal jogar esse famoso jogo de gerenciamento em consoles? Vamos conferir nessa crítica.

Two Point Hospital é um jogo de gerenciamento de hospital bem conhecido. A versão Jumbo traz todas as expansões e também suporte para consoles. Você tem que contratar funcionários, construir salas para diferentes doenças e atender e entreter seus clientes enquanto tenta administrar seus recursos e esperar que as coisas não desmoronem durante isso.

Parece complicado quando você olha a primeira vez, mas graças a um bom sistema de tutorial e fases que vão adicionando elementos aos poucos, a curva de aprendizado é bem gostosa e tranquila. Você basicamente possui um dinheiro que vai usar para contratar e pagar funcionários, construir salas, iniciar pesquisas e melhorar seu hospital. Você tem que continuar curando pacientes, mantendo sua satisfação alta e também agradando seus funcionários. Mais uma vez, parece tudo muito complexo, mas os sistemas do jogo possuem uma boa sinergia e quando você menos espera já tem um grande hospital com 3 prédios atendendo centenas de pacientes.

A jogabilidade em loop de Two Point Hospital funciona muito bem principalmente por causa da sua estrutura de fases. Em vez de te colocar um cenário infinito que vai se estender até você enjoar ou chegar à falência, o jogo te oferece fases cada uma com objetivos para ir completando até ganhar 3 estrelas. Esse esquema de objetivos também serve como um norte que nunca vai deixar o jogador perdido e também te ensina as mecânicas principais do jogo enquanto você joga. Apesar disso, para atingir 3 estrelas, geralmente, envolve um processo de muito grinding e gameplay repetitivo. A não ser que você seja um complecionista que PRECISA pegar pontuação máxima em tudo, eu recomendo geralmente parar nas 2 estrelas em cada fase. Outro problema é que nas fases mais à frente, vai ficando mais difícil e longo de pegar as estrelas, gerando uma jogabilidade muito repetitiva, pois você está normalmente só fazendo a mesma coisa.

Essa jogabilidade um pouco repetitiva se dá ao fato de que o jogo raramente é difícil. Two Point Hospital é principalmente uma experiência relaxante, mesmo em suas fases mais complexas. A sensacional trilha sonora que lembra muito "música de consultório" ou "música de elevador" vai te ajudar a entrar no loop  do jogo e perder horas nas fases. Mas, mesmo te engajando dessa forma, com o tempo e a experiência pode ficar bastante repetitiva e sem graça.

Two Point Hospital: Jumbo Edition é uma experiência de gerenciamento muito gostosinha. O jogo é relaxante e muito bem-humorado, tendo até a preocupação de criar doenças fictícias, cômicas e totalmente surtadas. Achei uma boa estratégia para tratar de temas tão pesados como doença e morte. Apesar de viciante, ele tende a ficar repetitivo demais caso você se preocupe em ter pontuação máxima em cada fase. Se você gosta desse tipo de jogo, então a Jumbo Edition é perfeita para você, pois o conteúdo oferecido aqui é GIGANTE, incluindo as expansões que trazem doenças e situações ainda mais loucas.

Além disso, os controles para PlayStation 4 são extremamente intuitivos e práticos, com algumas ressalvas, geralmente é bem tranquilo passear pelos menus. Então, se você quiser fugir da ansiedade da pandemia real, embarque nesse mundo de doenças irreais que tem bastante conteúdo pra manter sua mente ocupada.

Deixe um comentário