CosmoNerd

21 mar, 2017

Games

Rise & Shine é um maravilhoso ponto de interrogação para aqueles que são apaixonados pelo gênero RUN and GUN.

Bem meus amigos, de vez em quando nos deparamos com jogos simples que trazem novas mecânicas pro cenário, algumas muito inventivas que serão usadas daqui pra frente e outras feitas apenas pra maximizar a diversão. Rise & Shine é um daqueles jogos que tenta desesperadamente inovar e pra nossa alegria, consegue.

Desenvolvido pelos veteranos da SUPER ANWSOME HYPER DIMENSIONAL MEGA TEAM, que já são conhecidos desde a época do WORMS e do mais recente Plant vs. Zombies, Rise & Shine traz uma mistura de vários estilos de jogo tentando criar algo novo.

O jogo é uma espécie de plataforma 2d encantadora com uma historia leve sobre um mundo colorido invadido por brutamontes alienígenas. Mas ele não se segura na história ou se contém no estilo convencional de plataforma, aplicando em diversos momentos elementos de Arcade Shooters misturados ao bullet hell incansável, apresentando muitas vezes puzzles divertidos e desafiadores.

TUDO JUNTO E MISTURADO

À primeira vista, você pode achar que Rise & Shine é apenas mais um "Run and Gun" como CONTRA ou ate mais puxado pra pegada do Metal Slug, mas não se engane: esse jogo vai explorar demais não só de seus reflexos como da sua capacidade de raciono rápido.

Sem pensar duas vez o jogo já começa com a quebra da quarta parede diversas vezes se dirigindo ao jogador como Guia, que nessa aventura controlam Rise, o garoto protagonista e a arma sagrada e com consciência própria Shine. Logo fica claro ao jogador que tudo no jogo é um enorme "fã service", desde incontáveis easter eggs ate a maioria dos Power ups encontrados durante a gameplay. Porém logo fica claro que a jogabilidade de Rise & Shine brilha do começo ao fim, começando por seus movimentos, tiros e esquivas precisos, além da arte do jogo que não deixa a desejar.

É difícil categorizar esse jogo só pelo seu estilo Run and Gun pois, diferente dos outros jogos desse gênero ele costuma explorar bastante do sistema de Cover oferecido pelo jogo, até porque o protagonista é frágil e pra isso sua arma mágica esta lá pra lhe auxiliar a todo momento com uma variedade enorme de habilidades que adicionam profundidade ao combate do jogo.

AS MARAVILHAS TRAZIDAS POR RISE & SHINE

O que mais chama atenção em Rise & Shine são os diferentes tipos de forma de se resolver situações, por exemplo: é possível, no meio da jogatina, controlar a trajetória das balas. Ou quem sabe, ao invés de balas, atirar granadas e se tiver problemas com inimigos mecânicos estão disponíveis tiros de energia que acabam mais facilmente com os inimigos robóticos.

Rise & Shine consegue se renovar a todo momento e cada jogador acaba pegando sua maneira própria de jogar explorando a vasta gama de habilidades e tipos de forma de se aproximar aos combates emocionantes do jogo.

E pra finalizar vamos falar de uma das melhores características de Rise & Shine. O áudio  e visual desse jogo é de tirar o folego, não só a trilha sonora que faz cada pedaço do jogo emocionante, mas também a arte que foi feita a mão para cada level separadamente, onde os cenários quase nunca se repetem e são todos impressionantes. A atenção a cada detalhe mostra o quão incrível foi a produção desse jogo.

AS VEZES ALGUNS PROBLEMAS PESAM DEMAIS.

Mas infelizmente há problemas nesse jogo que machucam um pouco a experiência de quem se propôs a investir eu tempo e dinheiro. Pra começar, a campanha tem apenas 3 horas de duração, e pra um jogo da nova geração tão carismático e cheio de novidades, três horas é pouquíssimo tempo e, sem diferentes finais ou outras coisas, o replay é quase nulo. A História também peca bastante pois ela não tenta ser dramática demais e ao mesmo tempo é engraçada em momentos indevidos, o que vai de contraste com toda a sátira que constantemente Rise & Shine faz aos jogos novos e antigos. Essa insensibilidade com o humor do roteiro atrapalha a diversão.

Mas Rise & Shine talvez mereça o investimento, mesmo com o sentimento de que poderia ter sido algo mais. Quem sabe teremos uma continuação. trazendo tudo de bom e subtraindo esses erros.

Deixe um comentário